29 de janeiro de 2011

O AMOR É TUDO







O amor é tudo




o amor é tudo, tudo...

é mais que cidade, estrela

uma fonte de mel



é luz cósmica

numa paisagem ambiental

uma teia viva e atemporal

que tilinta todo nosso metal



e no âmago

torna-se imortal



uma intensidade

que se multiplica

nudez aguda e abissal





o amor é tudo, tudo...



é mais que um coliseu mitológico

mais que um arranha-céu



é um misterioso fogaréu

uma tela abstrata

pintada nas profundezas do céu



o amor é tudo, tudo...

algo que alguém

na intimidade velada

jamais descobriu

suas pegadas e o seu

agigantado mundaréu.





©by Albert Araújo

28-01-11

postado também site oficial:


                       http://www.albertaraujo.recantodasletras.com.br/





Um comentário:

  1. É Alberto, realmente o amor é tudo, tudo!

    Sem ele não vivemos, com ele convivemos, as vezes por causa dele morremos.

    ResponderExcluir