17 de janeiro de 2011

ASAS E PERFUME





Asas e perfumes



Asas e perfume:



o sol alado e cheiroso

nascendo da célula da terra

e banhado nas águas do

precioso Rio, desvario in natura

e a chama atura

engomada abotoadura


:


asas e perfume

e entre mim existe

o desejo de ser fotografia



e nasce o amor

do fundo do lago – amor amor

essa eterna magia



ALBERT ARAÚJO
17-01-11


Post também site oficial:




Nenhum comentário:

Postar um comentário