21 de março de 2019

HOJE, DIA 20 DE MARÇO É O DIA INTERNACIONAL DA FELICIDADE. PORÉM, SABEMOS QUE TODO DIA É DIA DE SER FELIZ, CELEBRAR A VIDA E VIVER EM PAZ.

HOJE, DIA 20 DE MARÇO É O DIA INTERNACIONAL DA FELICIDADE. PORÉM, SABEMOS QUE TODO DIA É DIA DE SER FELIZ, CELEBRAR A VIDA E VIVER EM PAZ. PARA QUE CADA MOMENTO DE SUA VIDA POSSA SER REPLETO DE FELICIDADE, SEPARAMOS VÁRIAS DICAS DE COMO CULTIVAR ESSE SENTIMENTO EM TUDO AQUILO QUE VOCÊ FIZER. CONFIRA NOSSA SELEÇÃO, FELIZ OU NÃO, A LEI DA VIDA SEMPRE É SEGUIR EM FRENTE COM A CABEÇA ERGUIDA. DEPOIS ME CONTE QUANTAS DICAS VOCÊ JÁ PRATICA COMBINADO?















19 de março de 2019

CELEBRA-SE HOJE, 19 DE MARÇO, A SOLENIDADE DE SÃO JOSÉ. TUTOR DE NOSSO SENHOR, PADROEIRO DOS TRABALHADORES.



São José com o menino Jesus
Pintura de Guido Reni.








Neste dia, a Igreja, espalhada pelo mundo todo, recorda solenemente, a santidade de vida do seu patrono. Esposo da Virgem Maria, modelo de pai e esposo, protetor da Sagrada Família, São José foi escolhido por Deus para ser o patrono de toda a Igreja de Cristo. Seu nome, em hebraico, significa “Deus cumula de bens”.

No Evangelho de São Mateus vemos como foi dramático para esse grande homem de Deus acolher, misteriosa, dócil e obedientemente, a mais suprema das escolhas: ser pai adotivo de Nosso Senhor Jesus Cristo, o Messias, o Salvador do mundo. "Quando acordou, José fez conforme o anjo do Senhor tinha mandado e acolheu sua esposa" (Mt 1,24).

O Verbo Divino quis viver em família. Hoje, deparamos com o testemunho de José, “Deus cumula de bens”; mas, para que este bem maior penetrasse na sua vida e história, ele precisou renunciar a si mesmo e, na fé, obedecer a Deus acolhendo a Virgem Maria.

Da mesma forma, hoje São José acolhe a Igreja, da qual é o patrono. E é grande intercessor de todos nós.  Que assim como ele, possamos ser dóceis à Palavra e à vontade do Senhor.







ORAÇÃO

Ó glorioso São José, a quem foi dado o poder de tornar possíveis as coisas humanamente, impossíveis, vinde em nosso auxílio nas dificuldades em que nos achamos.

Tomai sob vossa proteção a causa importante que vos confiamos, para que tenha uma solução favorável.

Ó Pai muito amado, em vós depositamos toda a nossa confiança.
Que ninguém possa jamais dizer que vos invocamos em vão. Já que tudo podeis junto a Jesus e Maria, mostrai-nos que vossa bondade é igual ao vosso poder.

São José, a quem Deus confiou o cuidado da mais santa família que jamais houve, sede,  nós vos pedimos, o pai e protetor da nossa, e impetrai-nos a graça de vivermos e morrermos no amor de Jesus e Maria.

São José, rogai por nós que recorremos a vós.



São José e o Menino Jesus

(Igreja São José - Rio de Janeiro)
(Foto - Paulo Cattelan)





UM POUCO SOBRE SÃO JOSÉ


São José ou José de Nazaré ou José, o Carpinteiro foi, segundo o Novo Testamento, o esposo da Virgem Maria e o pai adotivo de Jesus. Descendente da casa real de David, é venerado como Santo pelas igrejas ortodoxa, anglicana e católica, que o celebra como seu padroeiro universal. A liturgia luterana também dedica um dia 19 de março à sua memória, sob o título de "Tutor de Nosso Senhor". Operário, é tido como "Padroeiro dos Trabalhadores", e, pela fidelidade a sua esposa e dedicação paternal a Jesus, como "Padroeiro das Famílias", emprestando seu nome a muitas igrejas e lugares ao redor do mundo.


ESCOLHA COMO NOIVO A MARIA

Segundo um dos Apócrifos, José já em idade avançada teria sido reunido, pelo Sumo Sacerdote, com os jovens de Jerusalém, todos descendentes de Davi, para saber qual deles seria o pai do Messias prometido. Cada um dos jovens tinha um cajado de madeira, e Deus responderia florindo o cajado do escolhido. O que teria acontecido com José, foi que cresceu um lírio em seu cajado. É uma bela tradição, mas a Igreja não tem como confirmá-la. O mais importante é que de fato São José, foi escolhido para ser o pai adotivo de Jesus.

A PATERNIDADE

Os Evangelhos e a Sagrada Tradição Apostólica afirmam que o verdadeiro genitor de Jesus é Deus Pai: Maria, já tendo sido prometida em casamento a José, concebeu miraculosamente, sem que houvesse tido relações maritais com ninguém, por intermédio do Espírito Santo. Para o casal, tratou-se de um momento dramático, uma vez que, quando tomou ciência de que a esposa estava grávida de um filho que não era seu, José sentiu-se decepcionado e resolveu romper com ela, mas sem expô-la publicamente. O evangelista Mateus assim relata o episódio:

«A origem de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, comprometida em casamento com José, antes que coabitassem, achou-se grávida pelo Espírito Santo. José, seu esposo, sendo justo e não querendo denunciá-la publicamente, resolveu repudiá-la em segredo.» (Mateus 1:18-19)       
No entanto, após uma experiência mística num sonho, no qual um Anjo lhe aparecera, voltou atrás e reconheceu legalmente o Menino Jesus como seu legítimo filho.

“«Eis que o Anjo do Senhor manifestou-se a ele em um sonho, dizendo: 'José, filho de Davi, não temas receber Maria, tua mulher, pois o que nela foi gerado vem do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho e tu o chamarás com o nome de Jesus, pois ele salvará o seu povo dos seus pecados'. (...) José, ao despertar do sono, agiu conforme o Anjo do Senhor lhe ordenara e recebeu em sua casa sua mulher.» (Mateus 1:21-24)”

Tendo assumido a guarda do menino, José ficou conhecido como suposto pai de Jesus. O evangelista Lucas relata esse título:

«Ao iniciar seu ministério, Jesus tinha mais ou menos trinta anos e era, conforme se supunha, filho de José.» (Lucas 3:23)”


A PROFISSÃO


A profissão de José atribuía estritamente, a profissão de carpinteiro, o fato é que o título grego é genérico, sendo usado para designar os trabalhadores envolvidos em atividades econômicas ligadas à construção civil. Outras vertentes costumam considerar José como sendo um canteiro, ou seja, um operário que talhava artisticamente blocos de rocha bruta.

Os evangelhos reivindicam que Jesus, antes de iniciar sua vida pública, desempenhou a profissão do pai. O primeiro evangelista que lhe atribui o título é São Marcos, que se refere a Jesus como "o Carpinteiro", no capítulo VI, versículo 3 da sua narrativa sinótica que relata uma sua visita a Nazaré na qual seus compatriotas chamavam-no ironicamente pela profissão para desqualificá-lo como pregador. Mateus, por sua vez, retoma o mesmo episódio na sua versão do evangelho, mas com uma variante:

«Não é o filho do carpinteiro? Não se chama a mãe dele Maria e os seus irmãos Tiago, José, Judas e Simão?» (Mateus 13:55)”

A tradicional tradução da expressão grega tektōn por carpinteiro se deve ao fato de que os Padres da Igreja e a própria Vulgata de São Jerônimo versavam-na para o nominativo latino făbĕr, fabri: termo que denota o artesão.

A GENEALOGIA DE JOSÉ

As notícias dos evangelhos sinóticos sobre São José são escassíssimas. Lucas e Mateus narram episódios cristocêntricos em que o carpinteiro está envolvido, dizendo que José era descendente do rei Davi e residia no pequeno povoado de Nazaré; João apenas o menciona como membro da Sagrada Família; ao passo que Marcos sequer cita expressamente seu nome.

As versões dos dois evangelistas que pormenorizam a árvore genealógica de Jesus divergem no que se refere a quem teria sido o pai de José:

«Jacó gerou José, o esposo de Maria da qual nasceu Jesus chamado Cristo.» (Mateus 1:16)” “«Ao iniciar seu ministério, Jesus tinha mais ou menos trinta anos e era, conforme se supunha, filho de José, filho de Heli.» (Lucas 3:23)”





A VIDA FAMILIAR EM NAZARÉ

Os evangelhos resumem em poucas palavras a infância de Jesus, um período aparentemente normal, durante o qual, na oficina de José, o menino se preparava para a sua missão. Apenas um momento escapa a essa normalidade e é descrito por Lucas. Quando Jesus tinha 12 anos, José levou-o juntamente com Maria em peregrinação até Jerusalém para as festividades da Páscoa. Transcorridos, porém, os dias da festa, enquanto voltava para casa, Jesus ficou na Cidade Santa, sem que José e Maria percebessem. Depois de tê-lo procurado por três dias entre a multidão de peregrinos, foram finalmente encontrá-lo no templo, discutindo as Escrituras com os doutores da Lei. De acordo com o evangelista Lucas, sua mãe o repreendeu, falando-lhe da preocupação que a afligiu assim como ao marido. Jesus, por sua vez, afirma ter Deus por Pai, na presença de José.

«Ao vê-lo, ficaram surpresos, e sua mãe lhe disse: 'Meu filho, por que agiste assim para conosco? Olha que teu pai e eu, aflitos, te procurávamos'. Ele respondeu: 'Por que me procuráveis? Não sabíeis que devo estar na casa de meu Pai?» (Lucas 2:48-49)”

No entanto, ainda que tivesse ciência de que José não fosse seu genitor, o adolescente Jesus comportava-se diante dele como um verdadeiro filho, respeitando-o. É o que confirma o trecho subsequente da mesma narrativa de Lucas.

“«Jesus Desceu então com eles para Nazaré e era-lhes submisso. Sua mãe, porém, conservava a lembrança de todos esses fatos em seu coração.» (Lucas 2:51).    

A MORTE

Quando Jesus começou sua vida pública lá pelos 30 anos, muito provavelmente, José já era morto. De fato, sua presença não é mencionada depois do segundo capítulo de Lucas. Soma-se à suposição o fato de que, quando Jesus é crucificado, este confia Maria ao seu discípulo amado, o qual, segundo o evangelista João, "A partir dessa hora, a recebeu em sua casa": uma preocupação que não teria sentido se José ainda fosse vivo.

Os evangelhos canônicos mantêm-se silenciosos em relação ao término da vida de José. Há, contudo, livros apócrifos que relatam como teriam sido as horas derradeiras do pai adotivo de Jesus. Um exemplo é a narrativa apócrifa História de José, o Carpinteiro, escrita entre os séculos VI-VII, e que descreve detalhadamente o falecimento do Santo. Segundo o escrito, composto em língua copta, José morreu no dia 26 do mês egípcio (20 de julho no calendário gregoriano), aos 111 anos, gozando sempre de ótima saúde, "com todos os dentes intactos", e trabalhando até seu último dia. Avisado por um anjo sobre a eminente morte, vai ao Templo de Jerusalém adorar a Deus e, no retorno, contrai uma doença fatal que o faz sucumbir. Extremado em seu leito, envolto pelo temor da morte, só encontra consolação em Jesus, o único que consegue acalmá-lo. Circundado pela esposa e pelos filhos de um primeiro casamento, sua alma é arrebatada pelos Arcanjos Miguel e Gabriel e conduzida ao Paraíso.

“Nenhum dos que rodeavam José havia percebido a sua morte, nem sequer minha mãe Maria. Eu confiei a alma do meu querido pai José a Miguel e a Gabriel, para que a guardassem contra os raptores que saqueiam pelo caminho e encarreguei os espíritos incorpóreos de continuarem cantando canções até que, finalmente, depositaram-no junto a meu Pai no céu.”
               
De acordo com o apócrifo, o próprio Jesus teria banhado e ungido com bálsamo o corpo de José, pronunciando sobre ele uma bênção.


São José e o Menino Jesus
(Igreja São José - Rio de Janeiro)



Não se sabe ao certo onde se encontram os restos mortais de São José. Nas crônicas dos peregrinos que visitaram a Palestina, se encontram algumas indicações acerca do sepulcro do Santo. Duas delas apontam Nazaré e outras duas, Jerusalém no Vale do Cédron. Não existem, no entanto, argumentos consistentes que respaldem nenhuma das alegações.








16 de março de 2019

O TEXTO DESTAQUE DE HOJE: LUZ DIVINA - COMPOSIÇÃO DE ROBERTO CARLOS E ERASMO CARLOS.


(Clicar na imagem para ampliá-la)





LUZ DIVINA


Luz que me ilumina o caminho
e que me ajuda a seguir
Sol que brilha à noite
e a qualquer hora me fazendo sorrir
Claridade, fonte de amor
que me acalma e seduz
Essa luz

Só pode ser Jesus
Essa luz
Raio duradouro que orienta
o navegante perdido
Força dos humildes, dos aflitos,
paz dos arrependidos
Brilho das estrelas do universo,
o seu olhar me conduz
Essa luz
É claro que é Jesus
Essa luz

Sigo em paz no caminho da vida porque
O caminho, a verdade, a vida é você
Por isso eu te sigo, Jesus, meu amigo
Quero caminhar do seu lado
e segurar sua mão
Mão que me abençoa
e me perdoa e afaga o meu coração
Estrela que nos guia, luz divina,
o seu amor nos conduz
Essa luz
É claro que é Jesus
Essa luz
Essa luz divina
É claro que é Jesus
Essa luz



Compositores:
ERASMO CARLOS / ROBERTO CARLOS






5 de março de 2019

A OBRA-PRIMA "JESUS DE NAZARÉ" DO ACLAMADO DIRETOR FRANCO ZEFFIRELLI E UM ELENCO DE ESTRELAS QUE SE UNIRAM PARA ENTREGAR A MAIS PODEROSA ADAPTAÇÃO DOS EVANGELHOS.


CLICAR NA IMAGEM PARA ASSISTIR AO FILME




OU CLICAR NO LINK DO CANAL YOU TUBE

https://www.youtube.com/watch?v=yLHSSV3TkYE    








A OBRA-PRIMA "JESUS DE NAZARÉ" DO ACLAMADO DIRETOR FRANCO ZEFFIRELLI E UM ELENCO DE ESTRELAS QUE SE UNIRAM PARA ENTREGAR A MAIS PODEROSA ADAPTAÇÃO DOS EVANGELHOS. ACLAMADO POR CRÍTICOS E ESPECTADORES, O FILME "JESUS DE NAZARÉ" CONTINUA SENDO UMA DAS MELHORES REPRESENTAÇÕES DA HISTÓRIA DE CRISTO. APRESENTA IMPRESSIONANTE PROFUNDIDADE, SERIEDADE E EMOÇÃO...




ASSISTA AO FILME NO CANAL YOU TUBE






JESUS DE NAZARÉ


O comovente retrato da vida e a morte de Jesus Cristo são aqui apresentados desde o seu nascimento, passando pelas suas peregrinações ainda enquanto criança e o seu batismo por João Batista. Relatando inúmeros milagres durante o seu percurso. No decorrer de 6h11min, Franco Zeffirelli nos entregou uma das obras mais completas sobre a vida e a obra de Jesus Cristo, desde seu nascimento em Belém até a crucificação e ressurreição, conforme está escrito na Bíblia.

Quem não conhece o filme JESUS DE NAZARÉ? Pois, é sempre exibido na TV em épocas de Páscoa e Natal? A obra é dirigida, pelo italiano Franco Zeffirelli, "Jesus de Nazaré" conta com um extenso tempo de duração. É totalmente, fundamentado no ensinamento do cristianismo e passa por cenários que revivem a história de um dos maiores mestres do mundo, interpretado majestosamente, pelo ator Robert Powell.  Existem muitas outras importantes adaptações sobre a biografia de Jesus, mas até hoje nenhuma superou essa obra de Zeffirelli, que promete sobreviver por mais tempo ainda do que se imagina.

Quarenta e dois anos depois, o épico bíblico envelheceu bem, sobrevivendo os tempos confusos e difíceis, ele permanece como uma obra de grande dimensão e beleza. Registrando-se, ao cinema mundial em levar a vida de Jesus Cristo para a tela grande. A mais popular e feliz versão dos Evangelhos foi feita para a televisão. Originalmente, concebido em seis episódios com um total de mais de seis horas de duração.





Jesus de Nazaré é muito popular aqui no Brasil por ser transmitido há anos na TV, em feriados religiosos. Talvez por conta de tamanha popularidade, o filme é constantemente, editado e dilapidado, o que dificulta assisti-lo na versão integral. A biografia de Jesus é por si só, uma belíssima história com alto potencial dramático, e é essa convicção que Franco Zeffirelli deixa transparecer em cada fala, em cada cena, é ESPETACULAR!


Capítulos

01 - 00:03:07 Créditos iniciais.
02 - 00:10:47 Maria recebe aviso.
03 - 00:21:49 José casa-se com Maria.
04 - 00:31:26 José e Maria vão para Belém.
05 - 00:41:58 Nasce o Salvador.
06 - 00:52:40 Os Três Reis Magos.
07 - 01:00:43 Jesus cresce em Nazaré.
08 - 01:10:44 João Batista.
09 - 01:19:03 O Batizado de Jesus.
10 - 01:26:35 Cumprem-se as Escrituras.
11 - 01:34:00 Os milagres começam.
12 - 01:49:09 Entre prostitutas, ladrões e agiotas.
13 - 01:56:14 Os herdeiros do Reino de Deus.
14 - 02:09:47 A morte de João Batista.
15 - 02:17:48 Judas.
16 - 02:30:57 O milagre da multiplicação.
17 - 02:40:55 Na Sinagoga.
18 - 02:49:58 Pedro, A Pedra.
19 - 03:10:14 A caminho de Jerusalém.
20 - 03:16:29 No Templo.
21 - 03:23:45 A parábola. A adúltera.
22 - 03:29:10 O centurião, o cego, a rebelião.
23 - 03:43:31 A decisão de denunciá-lo.
24 - 03:55:24 A Santa Ceia.
25 - 04:01:10 Jesus é levado a Caifás.
26 - 04:11:04 Pilatos.
27 - 04:21:36 O julgamento.
28 - 04:26:55 A crucificação.
29 - 04:43:24 A ressurreição.
30 - 04:59:44 Créditos finais.


COMENTÁRIOS


O filme "JESUS DE NAZARÉ", meu Deus, este é o filme mais lindo, que eu já assisti em toda minha vida! Obrigado, pelo trabalho maravilhoso, em que o diretor Franco Zeffirelli teve em sua grandiosidade o produzir, obedecendo aos ensinamentos dos Evangelhos, particular e fiel. Gratidão e sempre os nossos renovados parabéns! Na semana Santa, nós iremos assisti-lo, novamente!








28 de fevereiro de 2019

SOBRE O FILME: "NASCE UMA ESTRELA": A MÚSICA "SHALLOW" RECEBE 32 PRÊMIOS E FAZ LADY GAGA BATER RECORDE.




O filme americano Nasce Uma Estrela, com Bradley Cooper e Lady Gaga. O filme que deu várias honrarias para a cantora agora foi um pouco além e, graças à música Shallow a artista bateu um recorde no mundo da música.





Após receber o prêmio da 91ª cerimônia do Oscar, a cantora chorou, agradeceu Cooper e completou com um depoimento emocionante de motivação: "Se você está em casa, no seu sofá, assistindo a isso, tudo o que eu tenho a dizer é que esse é um trabalho duro. Eu trabalhei duro por muito tempo para chegar até aqui. Não é sobre ganhar, é sobre não desistir. Se você tem um sonho, lute por ele. Existe uma disciplina. Não é sobre quantas vezes você foi rejeitado, caiu e teve que levantar. São quantas vezes você fica em pé, levanta a cabeça e segue em frente", disse a artista.

A canção escrita por Lady Gaga em parceria com Mark Ronson para o filme recebeu 32 prêmios e é oficialmente, a faixa com mais prêmios, segundo a revista Billboard. Durante o Oscar, Shallow recebeu a estatueta de Melhor Canção Original e, antes disso, já havia recebido quatro Grammy's e conquistado o Bafta, Globo de Ouro e mais 28 prêmios.



  
Isso sem contar que a faixa ocupou o primeiro lugar de 20 paradas musicais ao redor do mundo, incluindo as principais do Reino Unido e dos Estados Unidos.


A conquista na premiação fez com que Nasce uma Estrela ganhasse novas sessões em cinemas selecionados nos Estados Unidos. Segundo a Warner Bros. Pictures, as sessões terão performances estendidas das canções: Black Eyes, Alibi, e da versão de "Shallow" no estacionamento.



UM POUCO SOBRE LADY GAGA


Stefani Joanne Angelina Germanotta nasceu em Manhattan, Nova Iorque, em 28 de março de 1986, mais conhecida pelo nome artístico Lady Gaga, é uma cantora, atriz, compositora e produtora musical estadunidense. Ela começou a apresentar-se no cenário musical de rock no Lower East Side em 2003, e mais tarde matriculou-se na Tisch School of Arts da Universidade de Nova Iorque. No fim de 2007, assinou um contrato com a Streamline Records, um selo da editora discográfica Interscope Records. Durante o seu início na Interscope, trabalhou como compositora para artistas e capturou a atenção do produtor Akon, que reconheceu as suas habilidades vocais e contratou-a para a sua própria gravadora, a Kon Live Distribution.

Gaga ganhou proeminência como uma artista após o lançamento do seu álbum de estúdio de estreia, intitulado The Fame, em 2008. O disco foi um sucesso a nível crítico e comercial, tendo atingido o número um no Reino Unido, Canadá, Áustria, Alemanha e Irlanda, enquanto nos Estados Unidos alcançou a posição máxima de número dois na Billboard 200. As canções "Just Dance" e "Poker Face", co-escritas e produzidas por RedOne, tornaram-se sucessos internacionais de número um, atingindo o topo da Billboard Hot 100 nos EUA, bem como em vários outros países. 

O álbum, mais tarde, conseguiu um total de sete indicações e dois prêmios nos Grammy Awards. No início de 2009, ela embarcou em sua primeira turnê, a The Fame Ball Tour. No quarto trimestre do ano, lançou o extended play (EP) The Fame Monster, que contém os êxitos internacionais "Bad Romance", "Telephone" e "Alejandro", e embarcou em sua segunda turnê, a The Monster Ball Tour. The Fame Monster vendeu 10 milhões de cópias mundialmente e foi o álbum mais vendido de 2010. O seu segundo álbum de estúdio, Born This Way, foi lançado em 23 de Maio de 2011 e vendeu 2,2 milhões de cópias nos EUA e 6 milhões mundialmente. Além disso, produziu os singles "Born This Way", "Judas" e "The Edge of Glory", que se tornaram sucessos mundiais.

Em 2013, Gaga lançou seu terceiro álbum de estúdio, Artpop. Após o álbum, sentiu-se inspirada para que começasse uma mudança de imagem em sua carreira musical e visual. Lançou seu quarto álbum de estúdio em 2014, Cheek to Cheek, um projeto de música jazz em parceria com Tony Bennett. Em 2016, ela lançou seu quinto álbum de estúdio Joanne, que apresenta influências fortes do country e rock. 


Influenciada por artistas como David Bowie, Michael Jackson, Madonna e Queen, Gaga é reconhecida pelas suas contribuições extravagantes, diferentes e exageradas à indústria musical através da sua moda, atuações e vídeos musicais. Ela vendeu um número estimado de 27 milhões de álbuns e 66 milhões de singles no mundo, o que fez dela uma das recordistas de vendas de discos no mundo.



As suas conquistas incluem nove Grammy Awards e treze MTV Video Music Awards. A artista apareceu consecutivamente na lista dos "Artistas do Ano" da revista Billboard (conseguindo o título definitivo em 2010), posicionou-se no número quatro na lista das "100 Maiores Mulheres na Música" do VH1, e é regularmente destacada em listas elaboradas pela revista Forbes e foi nomeada uma das pessoas mais influentes do mundo pela revista Time. Em 2012, Gaga foi posicionada no número quatro na lista das "15 Mulheres Mais Bem Sucedidas Do Entretenimento" da Billboard, faturando mais de 25 milhões de dólares. Além disso, Gaga também iniciou uma carreira como atriz, dentre os quais se destacam trabalhos como a série televisiva American Horror Story: Hotel, que lhe rendeu um Globo de Ouro de melhor atriz, e o filme A Star Is Born (2018), no qual atuou ao lado de Bradley Cooper e para o qual contribuiu também com a trilha sonora. 


Após o lançamento da película, Gaga foi aclamada pelos críticos, nomeada ao Oscar de melhor atriz e vencedora da categoria de melhor canção original, à qual levou a estatueta pela música Shallow. Com isto, Gaga se tornou a primeira artista musical a vencer cinco premiações na mesma temporada: Oscar, Grammy, Globo de Ouro, Bafta e Critics' Choice.








18 de fevereiro de 2019

JESUS CRISTO NOS VISITOU E NOS TROUXE A SUA BÊNÇÃO.

CLICAR NA IMAGEM PARA ASSISTIR AO FILME
 

 
OU CLICAR NO LINK DO CANAL YOU TUBE DO
FOCUS PORTAL CULTURAL
 
 
JESUS CRISTO NOS VISITOU E NOS TROUXE A SUA BÊNÇÃO, A PAZ, O AMOR, A CURA E A SABEDORIA. TAMBÉM NOS ENSINOU O QUE ESTÁ NO NOVO TESTAMENTO ONDE ELE RELATA AS DOZE CASAS QUE ELE ENTROU. EM CADA UMA DELAS ALGO ESPECIAL ACONTECEU. EM CADA CASA QUE JESUS ENTRAVA, PERCEBIA A SITUAÇÃO E LEVAVA O QUE FALTAVA ÀQUELE LAR. JESUS QUER ENTRAR EM SEU LAR!
 
Seja o que for que sua família estiver precisando, a partir do momento que Jesus Cristo entra tudo pode ser transformado pelo seu poder.
 
 
JESUS QUER ENTRAR EM SEU LAR!
 
Seja o que for que sua família estiver precisando, a partir do momento que Jesus entra tudo pode ser transformado pelo seu poder. O que acontece quando Jesus entra em nossas casas?
Se houver tristeza, Jesus leva ALEGRIA.
Se alguém estiver doente, Jesus leva CURA.
Se houver dificuldades, Jesus leva RESTAURAÇÃO.
Se estiver em pecado, Jesus leva PERDÃO.
Se estiver cansado, Jesus leva UNÇÃO.
Se houver morte, Jesus leva VIDA.
Se não tiver esperança, Jesus leva a PALAVRA.
Se estiver perdido, Jesus leva SALVAÇÃO.
Se houver barreiras, Jesus leva COMUNHÃO.
Se houver injúrias, Jesus foi JULGADO para nos dar justiça.
Se não consegue ver uma saída, Jesus leva VISÃO ESPIRITUAL.
Se estiver desacreditado, Jesus leva FÉ.
 
O QUE ACONTECEU NAS DOZE CASAS EM QUE JESUS ENTROU
 
1- CASA DO CASAMENTO EM CANÁ: JOÃO 2.1-11
JESUS LEVOU ALEGRIA
 
A família de Jesus foi convidada para um casamento em Caná na Galiléia. Durante a festa, acabou o vinho, então a festa também terminaria. Mas Jesus estava ali e abençoou aquele casamento e toda família devolvendo a alegria para que a festa continuasse. Quando Jesus chega a uma casa ele renova a alegria na família, trazendo bênção e prosperidade ao lar. Em sua casa está acabando a festa? Jesus pode trazer alegria para seu lar!
 
2- CASA DE PEDRO: LUCAS 4.38,39
JESUS LEVOU CURA
 
Uma das primeiras curas que Jesus operou foi à sogra de Pedro. Parece que Jesus e os discípulos estavam indo àquela casa por acaso para uma passagem e chegando ali foram surpreendidos com a enfermidade da sogra de Pedro. Devemos contar para Jesus o que está acontecendo em nossa casa para sermos abençoados.
O que está acontecendo em sua casa?
Jesus pode curar sua família!
 
3- CASA EM CAFARNAUM: LUCAS 5.17-24
JESUS LEVOU RESTAURAÇÃO
 
Esta casa era do próprio Jesus segundo Marcos 2.1, servindo como lugar de pousada entre as viagens, visto que Cafarnaum era um local geograficamente estratégico. A multidão lotou a casa não deixando uma passagem sequer. Então alguns homens fizeram uma passagem para um paralítico ir até Jesus. Aquele homem tinha sua vida toda destruída pela dor, preconceito e enfermidade, mas Jesus o restaurou totalmente. Às vezes você pensa que não há uma saída em seu lar para chegar até Jesus, mas se não tiver passagem de um lado ou de outro, olhe para cima, Jesus abre uma porta a você.
Está procurando uma solução para sua família?
Sempre haverá uma saída para chegar até Jesus!
 
4- CASA DE LEVI: LUCAS 5.29-32
JESUS LEVOU PERDÃO
 
Levi, que depois foi chamado por Jesus de Mateus, era um publicano cobrador de impostos. Ele tinha acabado de conhecer a Jesus e deixou tudo para trás para seguir ao Mestre. Então levou Jesus para sua casa e deu uma festa para apresentá-lo aos seus amigos. Os fariseus começaram a discriminar Levi por seu passado de pecado, pois como cobrador de impostos certamente explorava aos pobres. Mas Jesus declarou o perdão dos pecados para Levi.
Quando Jesus entra em uma família, perdoa todos os pecados e tira toda culpa e condenação de nossas vidas, pois “agora já não há condenação para os que estão em Cristo Jesus” (Romanos 8.1).
Existe alguma culpa ou preconceito em sua família?
Deixe Jesus trazer o perdão para seu lar!
5- CASA DE SIMÃO: LUCAS 7.36 E 44-46
JESUS LEVOU UNÇÃO
 
Existia um costume de toda vez que chegasse alguém em casa, oferecer água para lavar os pés e as mãos, trazendo frescor ao visitante. Não fazer isso era um sinal de falta de hospitalidade. Jesus chegou à casa de Simão (Mateus 26.6) e este não ofereceu água para Jesus, foi então que uma mulher lhe lavou os pés com lágrimas, ungindo com unguento e enxugava com seus cabelos. Quando Jesus está em nossa casa podemos levar a ele nossas lágrimas e tristezas e receber a unção que nos fortalece para vencer tudo.
Como você tem recebido Jesus em sua casa?
Se entregue totalmente ao Senhor e receba sua unção!
 
6- CASA DE JAIRO: LUCAS 8.41,42 E 51-56
JESUS LEVOU VIDA
 
Jairo chamou Jesus para ir à sua casa curar sua filha que estava doente, mas quando chegaram ali a menina já tinha morrido. Pensaram que Jesus tinha vindo tarde demais, mas o milagre foi ainda maior. Por isso Jesus mandou que todos que não tinham fé saíssem e somente os pais e alguns discípulos ficassem. Fechadas as portas da casa, Jesus ressuscitou a filha de Jairo. Quando Jesus entra em nossa casa, devemos deixar toda falta de fé para fora e que ele fique dentro nos protegendo e trazendo vida em abundância (João 10.10).
Você está pensando que Jesus está demorando?
Ele quer entrar e assumir o controle de sua casa para encher de vida!
 
7- CASA DE MARTA E MARIA: LUCAS 10.38-42
JESUS LEVOU A PALAVRA
 
Esta foi uma das casas mais frequentadas por Jesus. Nesta ocasião Jesus estava ali para lhes ensinar a Palavra. Marta ficou preocupada com muitos afazeres, entretanto Maria se concentrou em ouvir a mensagem de Jesus. Muitas vezes convidamos Jesus para entrar em nossas casas e quando ali chegamos, nos ocupamos com nossas tarefas e não ouvimos a sua Palavra.
Você está ocupado demais?
Jesus quer falar com você em sua Casa!
 
8- CASA DE ZAQUEU: LUCAS 19.1-10
JESUS LEVOU SALVAÇÃO
 
Foi Jesus quem se ofereceu para ir à casa de Zaqueu. Enquanto este se esforçava para ao menos poder ver a Jesus, teve, além disso, o privilégio de recebê-lo em sua casa. Talvez Zaqueu tivesse recebido muitas pessoas ilustres em sua residência, mas nunca tinha recebido alguém como Jesus. A vida de Zaqueu foi transformada naquele dia e recebeu a Salvação. Devemos receber Jesus em nossos lares não apenas por curiosidade, pois é muito mais que um privilégio, precisamos nos arrepender e “crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e a tua casa” (Atos 16.31).
Você está querendo ver Jesus?
Jesus deseja entrar na sua casa e te salvar!
 
9- CASA NO CENÁCULO: LUCAS 22.10-14
JESUS LEVOU COMUNHÃO
 
Esta casa segundo alguns estudiosos provavelmente pertencia a João Marcos, conhecido como o Evangelista Marcos. Jesus mandou seus discípulos procurarem um homem carregando água, o que era raro na época, visto que buscar água era tarefa das mulheres. Quando ali chegaram, os discípulos foram bem recebidos e o melhor espaço da casa foi dedicado à Ceia do Senhor. Quando oferecemos o nosso melhor para Jesus, nossa vida se enche de comunhão na presença de Deus.
Está precisando de comunhão em sua casa?
Jesus entra em seu lar e leva comunhão!
 
10- CASA DE CAIFÁS: MATEUS 26.57
JESUS FOI LEVADO PARA SER JULGADO
 
Esta foi a única casa que Jesus foi involuntariamente. Levaram o Mestre à casa de Caifás para julgá-lo. Interessante notar que havia tribunais e as decisões religiosas deveriam ser tomadas no templo ou em uma sinagoga, mas a casa de Caifás foi um lugar onde Jesus condenado pelos sacerdotes. Quantas vezes em nossas casas julgamos aos irmãos e irmãs da igreja, sem perceber que Jesus está conosco.
Em suas conversas familiares você tem julgado alguém?
Não deixe sua casa ser um lugar de Julgamento!
 
11- CASA EM EMAÚS: LUCAS 24.13-30
JESUS LEVOU VISÃO ESPIRITUAL
 
Dois discípulos estavam caminhando e Jesus os acompanhava até perto da entrada de Emaús onde chamaram o Senhor para continuar com eles. Naquela casa Jesus continuou ministrando a Palavra aos seus corações e no seu partir do pão, seus olhos foram abertos para entender que Jesus estava com eles. Jesus quer entrar em sua casa para abrir os seus olhos espirituais e ver que Ele sempre esteve com sua família.
Não consegue ver uma solução para sua família?
Jesus está contigo e abrirá os seus olhos!
 
12- CASA DOS DISCÍPULOS: JOÃO 20.19-23 E 26-29
JESUS LEVOU FÉ
 
Após a ressurreição de Jesus, seus discípulos se trancaram em uma casa com medo de serem condenados também. Estavam desiludidos e sem fé. Então Jesus apareceu para eles duas vezes, mesmo com as portas trancadas para lhes fortalecer a fé. Depois que acreditaram em sua ressurreição, reconhecendo o seu poder, começaram a sair e assumir o que acreditavam. Muitas vezes estamos em nossas casas com as portas trancadas e sofremos tantas dificuldades, mas Jesus entra em nosso lar para nos dar a fé que precisamos para vencer.
Quando está sozinho em casa, você fica triste?
Jesus está com você, mesmo se as portas estiverem fechadas!
Jesus quer entrar em sua casa!
 
 
FONTE:
https://www.esbocosermao.com/