23 de agosto de 2016

PAPA FRANCISCO: 10 DICAS PARA UMA VIDA FELIZ.


O Papa Francisco foi recentemente entrevistado pela Viva, uma publicação argentina, e ofereceu 10 dicas valiosas sobre como se tornar uma pessoa mais feliz. Algumas das dicas podem até lhe surpreender um pouco, ou mesmo alterar a sua perspectiva sobre a vida. Eu acho que se nós seguíssemos seus conselhos, quaisquer que sejam nossas religiões ou crenças, teríamos todos uma vida mais completa e gratificante.

 


 
 

10 Dicas Para Uma Vida Mais Feliz

 
 
Aqui estão suas
10 melhores dicas para viver uma vida mais feliz:

 

1) Viva e deixe viver

 

Há uma velha expressão italiana que diz: "Viva e deixe viver". Isso significa não guardar rancor e apenas seguir em frente. A vida é muito curta para guardar qualquer animosidade em relação aos outros. Tente não julgar ninguém e simplesmente aceitar as pessoas pelo que elas são.


2) Dê de si mesmo aos outros

 

Seja mais generoso com os outros e menos afastado. Se alguém pede sua ajuda, considere-se abençoado por ter sido a primeira pessoa em quem eles pensaram. Tente ouvir mais e falar um pouco menos sobre si mesmo.


3) Tenha calma

 

Não tire conclusões ou tome decisões precipitadas antes de pensar por alguns momentos. Tente evitar "ganhar" argumentos, porque você acabará perdendo muito mais em troca. Viva um dia de cada vez e não apresse a vida antes que ela aconteça.


4) A importância do lazer
 

Passe mais tempo brincando com seus filhos e menos tempo na frente dos aparelhos de televisão e computador. O Papa afirmou que "o consumismo nos trouxe ansiedade". A vida fora de casa pode fazer maravilhas por você e seus entes queridos. Planeje viagens emocionantes para visitar museus, locais históricos, jardins botânicos e até mesmo eventos esportivos.


5) Domingo deve ser feriado

A maioria de nós trabalha longas horas extenuantes durante a semana, muitas vezes deixando muito pouco tempo para passar com nossas famílias. O Papa considera que os trabalhadores devem ter o direito de folga aos domingos, a fim de passar mais tempo com suas famílias.

 

6) Encontre maneiras inovadoras para criar postos de trabalho dignos para os jovens

O traço mais importante que qualquer jovem pode ter é a ambição. Adolescentes passam por momentos muito difíceis e confusos em suas vidas. Eles podem ser conduzidos a uma direção positiva tanto quanto rapidamente podem trilhar o caminho errado. É crucial criar oportunidades de emprego para manter os adolescentes ocupados positivamente e satisfeitos.


7) Respeite e cuide da natureza


 

A poluição não só é má para o ambiente, mas também para nossas almas. Há muitas praias e florestas que estão cobertas de lixo. O excesso de resíduos pode prejudicar e matar animais inocentes. Sempre as limpe quando for embora, e jogue fora o lixo de outras pessoas também. Você estará fazendo à Mãe Natureza um grande favor!

 

8) Deixe de ser negativo
 

As pessoas que insultam os outros estão muitas vezes compensando sua falta de auto-estima. Em vez de colocar os outros para baixo, tente edificá-los e incentivá-los. A motivação é a força motriz da produtividade e do sucesso. Tente olhar para o lado positivo das coisas, e mantenha uma visão positiva da vida. Sorria mais vezes também.


9) Não ao proselitismo: respeite as crenças dos outros

 

A pior coisa que você pode fazer é forçar a sua religião ou crenças sobre os outros. Ninguém gosta de ser intimidado a acreditar em algo, independentemente do quanto você acredita nisso. Sempre respeite as crenças dos outros e eles irão respeitá-lo muito em troca. O Papa continuou dizendo que "Nós podemos inspirar os outros através do testemunho, para crescermos junto com a comunicação. Mas o pior de tudo é o proselitismo religioso, que paralisa".



10) Trabalhe pela paz
 


Embora a paz mundial possa ser um pouco demais para sonhar, você ainda pode se esforçar para manter uma atitude pacífica com os outros e consigo mesmo. Tente evitar discussões desnecessárias ou qualquer outra coisa que possa causar tensão no grupo familiar. Lembre-se, a chave para uma vida pacífica está em casa.





 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
FONTE:
 





 

21 de agosto de 2016

NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO, ROGAI POR NÓS!

 
 
 
 
 
O Dia da Assunção de Nossa Senhora é comemorado anualmente em 15 de agosto.
 
Esta data cristã celebra a assunção da Virgem Maria, mãe de Jesus Cristo, aos céus.
 
De acordo com os relatos bíblicos, Maria teria morrido durante o sono em 15 de agosto de 43 d.C, e acordado quando já estava sendo levada para o céu pelos anjos de Deus.
 
Também conhecida como Nossa Senhora da Glória ou Nossa Senhora da Guia, no Brasil é a padroeira de outras cidades, como: Jales, em São Paulo; Caçapava do Sul, no Rio Grande do Sul; Cabo Frio, no Rio de Janeiro; e Oeiras, no Pará.
 
Nesta data, celebram-se romarias e festas religiosas em várias localidades.
 
 
Deus lhe concedeu como a Virgem antes do parto, no parto e depois do parto, como a Mãe de Deus
 
 
Hoje, solenemente, celebramos o fato ocorrido na vida de Maria de Nazaré, proclamado comodogma de fé, ou seja, uma verdade doutrinal, pois tem tudo a ver com o mistério da nossa salvação.
 
Assim definiu pelo Papa Pio XII em 1950 através da Constituição ApostólicaMunificentissimus Deus: “A Imaculada Mãe de Deus, a sempre Virgem Maria, terminado o curso da vida terrestre foi assunta em corpo e alma à glória celestial.”
 
Antes, esta celebração, tanto para a Igreja do Oriente como para o Ocidente, chamava-se “Dormição”, porque foi sonho de amor. Até que se chegou ao de “Assunção de Nossa Senhora ao Céu”, isto significa que o Senhor reconheceu e recompensou com antecipada glorificação todos os méritos da Mãe, principalmente alcançados em meio às aceitações e oferecimentos das dores.
 
Maria contava com 50 anos quando Jesus subiu ao Céu. Tinha sofrido muito: as dúvidas do seu esposo, o abandono e pobreza de Belém, o desterro do Egito, a perda prematura do Filho, a separação no princípio do ministério público de Jesus, o ódio e perseguição das autoridades, a Paixão, o Calvário, a morte do Filho e, embora tanto sofrimento, São Bernardo e São Francisco de Sales é quem nos aponta o amor pelo Filho que havia partido como motivo de sua morte.
 
É probabilíssima, e hoje bastante comum, a crença de a Santíssima Virgem ter morrido antes que se realizasse a dispersão dos Apóstolos e a perseguição de Herodes Agripa, no ano 42 ou 44. Teria então uns 60 anos de idade. A tradição antiga, tanto escrita como arqueológica, localiza a sua morte no Monte Sião, na mesma casa em que seu Filho celebrara os mistérios da Eucaristia e, em seguida, tinha descido o Espírito Santo sobre os Apóstolos.
 
Esta a fé universal na Igreja desde tempos remotíssimos. A Virgem Maria ressuscitou, como Jesus, pois sua alma imortal uniu-se ao corpo antes da corrupção tocar naquela carne virginal, que nunca tinha experimentado o pecado. Ressuscitou, mas não ficou na terra e sim imediatamente foi levantada ou tomada pelos anjos e colocada no palácio real da glória.
 
Não subiu ao Céu, como fez Jesus, com a sua própria virtude e poder, mas foi erguida por graça e privilégio, que Deus lhe concedeu como a Virgem antes do parto, no parto e depois do parto, como a Mãe de Deus.
 
 
Nossa Senhora da Assunção, rogai por nós!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
FONTE:
 

20 de agosto de 2016

POESIA VIDA NA ALMA DO POETA DE SHIRLEY LOPES - DECLAMADA POR NEIDE BARROS RÊGO. CONFIRA.

 
(CLICAR NA IMAGEM PARA ASSISTIR AO VÍDEO)
 

 
 
 
OU CLICAR NO LINK DO CANAL YOU TUBE DO
FOCUS PORTAL CULTURAL
 
 
 
 
 
 


VIDA NA ALMA DO POETA
 
Encontrei-me naquela linda e frenética poesia.
Nela, o amor ardia em chama.
Sua luz, em linda fábula,
falava do beija-flor, na janela, beijando sua rosa.

Encontrei-me na trilha do trovador, derramando o amor.
Na janela, a donzela contemplava a lua adormecida,
que, impelida pelo tempo, a sua face escondia.

Encontrei-me na moça enternecida
que buscava nas esquinas de um passado feliz,
que continua presente,
a felicidade abrigada na história que jamais findará.

Encontrei-me na alma do poeta,
em seu maior tormento,
no amor esquecido que se aquieta,
na lágrima que cai no abismo,
E depois, encontra o alento
no regaço da AMADA.

Encontrei-me nas asas da liberdade do poeta,
que buscava a direção exata do destino,
para a viagem em busca do tempo feliz em versos.

Encontrei-me na melodia versada em sonetos,
exprimindo o amor mais puro que vai além do Horizonte
e desperta o amanhecer em um caminho rumo ao ÉDEN.

Encontrei-me na vontade da mais linda rima perfeita,
no sonho mais profundo do poetar sublime,
no tempo do poeta que se esvai da primeira estrofe
e finda na última em versos voláteis.

Encontrei-me na face do poeta,
no momento, no tempo certo que é VIDA.
 
 
 
 
 
 
Poesia de Shirley Lopes, dedicada ao seu esposo ALBERTO ARAÚJO, recitada na ocasião da posse do poeta no Cenáculo Fluminense de História e Letras em 16 de agosto de 2013, pela declamadora Neide Barros Rêgo.
 
 
 
 

SÃO BERNARDO PREGADOR, ESCRITOR, FUNDADOR DE MOSTEIROS, ABADE, CONSELHEIRO DE PAPAS, REIS, BISPOS. HOMENAGEM DO ALBERTO ARAÚJO & AMIGOS. CONFIRA.


 

Com muita alegria celebramos a santidade do abade e doutor da Igreja: São Bernardo. Nascido no Castelo de Fontaine em 1094, perto de Dijon (França), pertencia a uma família nobre, a qual se assustou com sua decisão radical de seguir Jesus como monge cisterciense.

São Bernardo é considerado pela Família Cisterciense um segundo fundador, pois atraía a tantos para a Ordem, que as mães e esposas afastavam os filhos e maridos do santo; tamanho era real o poder de atração de Bernardo que todos os irmãos, primos e amigos o seguiram. Homem de oração, destacou-se como pregador, prior, místico, escritor, fundador de mosteiros, abade, conselheiro de Papas, Reis, Bispos e também polemista, político e pacificador.

Aconteceu que São Bernardo, mesmo sendo contemplativo, entrou no concreto da realidade da sua época, a ponto de participar de várias polêmicas internas e externas da Igreja da época.

No ano de 1115, o seu abade Estevão mandou-o com doze companheiros fundar, no Vale do Absíntio, aquilo a que São Bernardo chamou Vale Claro (Claraval). Do Mosteiro de Claraval, o santo irradiava a luz do Cristianismo, isto também pelos escritos, como o Tratado do Amor de Deus e o Comentário ao Cântico dos Cânticos; a invocação é fruto de sua profunda e sólida devoção a Nossa Senhora: “Ó clemente, ó piedosa, ó doce e sempre Virgem Maria”. Pela Mãe do Céu, foi acolhido na eternidade em 1153.

Escreveu numerosas obras, milhares de cartas, mais de 300 sermões; interveio em todas as disputas doutrinais, em todas as grandes questões religiosas e seculares da época. Por ordem de tempo, considera-se o último dos Padres da Igreja. Um seu editor, falecido em 1707, Mabillon, escreveu sobre ele: “É o último dos Padres mas iguala os maiores”.

São Bernardo, rogai por nós!


 


 

FONTE:
Site da Canção Nova.

 

1 de agosto de 2016

CELEBRAMOS, NESTE DIA 01 DE AGOSTO, A MEMÓRIA DE SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO. HOMENAGEM DO ALBERTO ARAÚJO & AMIGOS. CONFIRA.




 

 
Celebramos, neste dia, a memória de um santo Bispo e Doutor da Igreja que se tornou pelo seu testemunho "Patrono dos confessores e teólogos de doutrina moral". Afonso Maria de Ligório nasceu em Nápoles, na Itália, em 1696, numa nobre família que, ao saber das qualidades do menino prodígio, proporcionaram-lhe o caminho dos estudos a fim de levá-lo à fama.


Afonso Maria de Ligório, C.Ss.R., nascido Alphonsus Maria de' Liguori, foi um bispo católico italiano que se destacou como escritor espiritual, filósofo escolástico e teólogo. Nascido numa família nobre de Nápoles, Ligório teve uma brilhante carreira em direito antes de ser ordenado padre. Depois disso, fundou uma ordem religiosa, a Congregação do Santíssimo Redentor (chamados "redentoristas") dedicada ao trabalho entre os pobres.


Em 1762, foi nomeado bispo de Santa Agata de' Godos. Afonso foi um escritor prolífico, publicando nove edições de sua "Teologia Moral" ainda em vida, além de outras obras devocionais e ascetas, além de muitas cartas. Entre suas obras mais famosas estão "As Glórias de Maria" e "O Caminho da Cruz", esta última utilizada ainda hoje em muitas paróquias durante os serviços religiosos da Quaresma.

 

Afonso foi canonizado em 1839 pelo papa Gregório XVI. Em 1871, Pio IX proclamou-o Doutor da Igreja (Doctor Zelantissimus). Um dos autores católicos mais lidos, é também o santo padroeiro dos confessores.

Com 16 anos doutorou-se em direito civil e eclesiástico e já se destacava em sua posição social quando se deparou, involuntariamente, sustentando uma falsidade, isto levou Afonso a profundas reflexões, a ponto de passar três dias seguidos em frente ao crucifixo. Escolhendo a renúncia profissional, a herança e títulos de nobreza, Santo Afonso acolheu sua via vocacional, já que o Senhor o queria advogando as causas do Cristo.

Santo Afonso Maria de Ligório colocou todos os seus dons a serviço do Reino dos Céus, por isso, como sacerdote, desenvolveu várias missões entre os mendigos da periferia de Nápoles e camponeses; isto até contagiar vários e fundar a Congregação do Santíssimo Redentor, ou Redentoristas. Depois de percorrer várias cidades e vilas do sul da Itália convertendo pecadores, reformando costumes e santificando as famílias, Santo Afonso de Ligório, com 60 anos, foi eleito Bispo e assim pastoreou com prudência e santidade o povo de Deus, mesmo com a realidade de ter perdido a amizade do Papa e sido expulso de sua fundação.

Entrou no Céu com 91 anos, depois de deixar vários escritos sobre a Doutrina Moral, sobre a devoção ao Santíssimo Sacramento e a respeito da Mãe de Deus, sendo o mais conhecido: “As Glórias de Maria”.

 

 

Santo Afonso Maria de Ligório, rogai por nós!

31 de julho de 2016

NESTE DIA 31 DE AGOSTO CELEBRAMOS A MEMÓRIA DE SANTO INÁCIO DE LOYOLA. CONFIRA.

 
 
 
Santo Inácio de Loyola,
reconhecido tendo
"a alma maior que o mundo"
 
 
 
No dia 31 de Julho a Igreja de todo o mundo celebra o dia de Santo Inácio de Loyola. Reconhecido tendo a alma maior que o mundo, (frase retirada de sua bula de canonização), o Santo foi o criador dos famosos exercícios espirituais e fundador da Ordem Companhia de Jesus.
 
Inácio de Loyola nasceu em  Azpeitia na Espanha, em 31 de maio de 1491 e faleceu em Roma em 31 de julho de 1556.
 
no ano de 1491, e pertenceu a uma nobre e numerosa família religiosa (era o mais novo de doze irmãos), ao ponto de receber com 14 anos a tonsura, mas preferiu a carreira militar e assim como jovem valente entregou-se às ambições e às aventuras das armas e dos amores.
 
Aconteceu que, durante a defesa do castelo de Pamplona, Inácio quebrou uma perna, precisando assim ficar paralisado por um tempo; desse mal Deus tirou o bem da sua conversão, já que depois de ler a vida de Jesus e alguns livros da vida dos santos concluiu: “São Francisco fez isso, pois eu tenho de fazer o mesmo. São Domingos isso, pois eu tenho também de o fazer”.
 
Realmente ele fez, como os santos o fizeram, e levou muitos a fazerem “tudo para a maior glória de Deus”, pois pendurou sua espada aos pés da imagem de Nossa Senhora de Montserrat, entregou-se à vida eremítica, na qual viveu seus “famosos” Exercícios Espirituais, e logo depois de estudar Filosofia e Teologia lançou os fundamentos da Companhia de Jesus.
 
Com Deus, Santo Inácio de Loyola conseguiu testemunhar sua paixão convertida, pois sua ambição única tornou-se a aventura do salvar almas e o seu amor a Jesus. Foi para o céu com 65 anos e lá intercede para que nós façamos o mesmo agora “com todo o coração, com toda a alma, com toda a vontade”, repetia.
 
 
 
 
 
Durante um ano, entre 1522 e 1523, viveu retirado numa caverna em Manresa, como eremita e mendigo, o tempo todo em penitência, na solidão e passando as mais duras necessidades. Lá, durante esse período, preparou a base do seu livro mais importante: "Exercícios espirituais". Sua vida mudou tanto que, do campo de batalhas, passou a transitar no campo das ideias, indo estudar Filosofia e Teologia em Paris e Veneza.

Em Paris, em 15 de agosto de 1534, junto com mais seis companheiros, fundaram a Companhia de Jesus. Entre eles estava Francisco Xavier, que se tornou um dos maiores missionários da Ordem e também santo da Igreja. Mas todos só se ordenaram sacerdotes em 1537, quando concluíram os estudos, ocasião em que Iñigo tomou o nome de Inácio. Três anos depois, o papa Paulo III aprovou a nova Ordem, para a qual Inácio de Loyola foi escolhido superior-geral.
A instituição de Inácio iniciada em 1534 era algo novo e original, além de providencial para os tempos da Contra-Reforma. Ele mesmo esclarece: “O fim desta Companhia não é somente ocupar-se com a graça divina, da salvação e perfeição da alma própria, mas, com a mesma graça, esforçar-se intensamente por ajudar a salvação e perfeição da alma do próximo”.


Ele preparou e enviou os missionários jesuítas ao mundo todo, para espalhar o cristianismo, especialmente entre os nativos pagãos das terras do novo mundo.
 
A sua contribuição para a Igreja e para a humanidade foi a sua visão do catolicismo, que veio de sua incessante busca interior e que resultou em definições e obras cada vez mais atuais e presentes nos nossos dias.
 
Foi canonizado pelo papa Gregório XV em 1622. Na data de sua morte, sua festa é celebrada nos quatro cantos do planeta onde os jesuítas atuam.
 
Santo Inácio de Loyola foi declarado Padroeiro de Todos os Retiros Espirituais pelo papa Pio XI em 1922.
 
Entretanto, desde que esteve no cargo de geral da Ordem, Inácio nunca gozou de boa saúde. Muito debilitado, morreu no dia 31 de julho de 1556, em Roma, na Itália.
 
Santo Inácio de Loyola, rogai por nós!
 
 
Oração de Santo Inácio
Alma de Cristo, santificai-me.
Corpo de Cristo, salvai-me.
Sangue de Cristo, inebriai-me.
Água do lado de Cristo, lavai-me.
Paixão de Cristo, confortai-me.
Ó bom Jesus, ouvi-me.
Dentro das vossas chagas, escondei-me.
Não permitais que de Vós me separe.
Do espírito maligno, defendei-me.
Na hora da minha morte, chamai-me.
E mandai-me ir para Vós,
para que vos louve com os vossos Santos,
por todos os séculos.
 
Amém.
 
 
 
 
 
"Muita sabedoria unida a uma santidade moderada é preferível a muita santidade com pouca sabedoria”.
 
“Acredito que o branco que eu vejo é negro, se a hierarquia da Igreja assim o tiver determinado”.
 
“Ninguém trabalha melhor do que quando faz uma coisa apenas”.
 
“Como se me afigura vil o mundo quando olho para o céu”.
 
“Muita sabedoria unida a pouca santidade é preferível a muita santidade unida a pouca sabedoria”.
 
“A vitória mais bela que se pode alcançar é vencer a si mesmo”.
 
“Ninguém sabe o que Deus faria de nós, se não opuséssemos tantos obstáculos à sua graça”.
 
 
Alma de Cristo

Alma de Cristo, santificai-me.
Corpo de Cristo, salvai-me.
Sangue de Cristo, inebriai-me.
Água do lado de Cristo, lavai-me.
Paixão de Cristo, confortai-me.
Ó bom Jesus, ouvi-me.
Dentro de Vossas chagas, escondei-me.
Não permitais que eu me afaste de vós.
Do espírito maligno, defendei-me.
Na hora da minha morte,
chamai-me e mandai-me ir para Vós
para que, com os vossos santos,
Vos louve por todos os séculos dos séculos.
Amém.
 
 
 
 
 
 
 
FONTE:
 
 

26 de julho de 2016

HOMENAGEM DO ALBERTO ARAÚJO & AMIGOS AOS PAIS DA VIRGEM MARIA SÃO JOAQUIM E SANT'ANA PELO SEU DIA EM 26 DE JULHO. CONFIRA.

 
"Santa Ana e o menino São João" 1550,
óleo s/ tela de Angelo Bronzino
Museu Kunsthistorisches  -Viena. "
 
 
 
 
Com imenso contentamento que celebramos hoje, dia 26 de julho, a memória dos pais de Nossa Senhora: SÃO JOAQUIM E SANT’ANA. Em hebraico, Ana exprime “graça” e Joaquim equivale a “Javé prepara ou fortalece”.

 

Alguns escritos apócrifos narram a respeito da vida destes que foram os primeiros educadores da Virgem Santíssima. Também os Santos Padres e a Tradição testemunham que São Joaquim e Sant’Ana correspondem aos pais de Nossa Senhora.

Sant’Ana teria nascido em Belém. São Joaquim na Galileia. Ambos eram estéreis. Mas, apesar de enfrentarem esta dificuldade, viviam uma vida de fé e de temor a Deus.

 

O Senhor então os abençoou com o nascimento da VIRGEM MARIA e, também segundo uma antiga tradição, São Joaquim e Sant’Ana já eram de idade avançada quando receberam esta graça. A menina Maria foi levada mais tarde pelos pais Joaquim e Ana para o Templo, onde foi educada, ficando aí até ao tempo do noivado com São José.

 

A Sagrada Família  de Angelo Bronzino
Museu Estatal Pushkin de Belas Artes - Moscou.
 

Sabe-se muito pouco sobre Santa Ana. Sabe-se que esta era mãe de Maria de Nazaré, esposa de São Joaquim e Avó de Jesus. Sabe-se também que esta teria após o nascimento da Virgem Maria tido mais uma ou duas filhas, pois Deus liberara após Joaquim ter ficado 40 dias no deserto. O nome dessas filhas são: Maria Salomé e Maria de Cleofas.

 

Além da religião católica os antigos celtas e druidas atribuem a sua existência a Deusa Danu ou Anu, na Irlanda, a qual seria o seu sincretismo como Santa Ana ou também Santa Brígida.

 

Os dados biográficos que sabemos sobre os pais de Maria foram legados pelo Proto-Evangelho de Tiago, obra citada em diversos estudos dos padres da Igreja Oriental, como Epifânio e Gregório de Nissa.

 

Seu marido, São Joaquim, homem pio fora censurado pelo sacerdote Rúben por não ter filhos. Mas Sant’Ana já era idosa e estéril. Confiando no poder divino, São Joaquim retirou-se ao deserto para rezar e fazer penitência. Ali um anjo do Senhor lhe apareceu, dizendo que Deus havia ouvido suas preces. Tendo voltado ao lar, algum tempo depois Sant’Ana ficou grávida. A paciência e a resignação com que sofriam a esterilidade levaram-lhes ao prêmio de ter por filha aquela que havia de ser a Mãe de Jesus.

Eram residentes em Jerusalém, ao lado da piscina de Betesda, onde hoje se ergue a Basílica de Santana; e aí, num sábado, 8 de setembro do ano 20 a.C., nasceu-lhes uma filha que recebeu o nome de Miriam, que em hebraico significa "Senhora da Luz", passado para o latim como Maria. Maria foi oferecida ao Templo de Jerusalém aos três anos, tendo lá permanecido até os doze anos.


 
Sant'ana e São Joaquim
Mogi Mirim - SP.

 

São João Damasceno, ao escrever sobre o Natal, deixa claro que São Joaquim e Santa Ana são os pais de Maria.

 

A data do nascimento e morte de ambos não se sabe, mas sabe-se que vivem no coração da Igreja e nesta são cultuados desde o século VI.

 

São Joaquim e Sant’Ana, rogai por nós!

 
 
 
HINO DE SÃO JOAQUIM
CLICAR NA IMAGEM:
 
 







FONTE:










11 de julho de 2016

GABRIEL GARCÍA MÁRQUEZ - TRIBUTO DO FOCUS PORTAL CULTURAL.

 
GABRIEL GARCÍA MÁRQUEZ - TRIBUTO DO FOCUS PORTAL CULTURAL.
 
 

EXPOSIÇÃO 9 POR NITERÓI CURADORIA PAULO ROBERTO CECCHETTI.

 
 

HOMENAGEM DO ALBERTO ARAÚJO & AMIGOS AO SANTO CATÓLICO SÃO BENTO, PELO SEU DIA 11 DE JULHO. CONFIRA.


 
 
 
SÃO BENTO DE NÚRSIA
 
 
São Bento de Núrsia, nascido Benedito da Nórcia (em italiano: Benedetto de Norcia; em latim: Benedictus; Nórcia, Reino Ostrogótico, c. 480 — Abadia do Monte Cassino, c. 547) foi um monge, fundador da Ordem dos Beneditinos, uma das maiores ordens monásticas do mundo.
 
Foi o criador da Regra de São Bento, um dos mais importantes e utilizados regulamentos de vida monástica, inspiração de muitas outras comunidades religiosas.
 
Era irmão gêmeo de Santa Escolástica. Foi designado patrono da Europa pelo Papa Paulo VI em 1964, sendo também patrono da Alemanha.
 
É venerado não apenas por católicos, como também por ortodoxos. Foi o fundador da Abadia do Monte Cassino, na Itália, destruída durante a Segunda Guerra Mundial e posteriormente restaurada.
 
É comemorado no calendário católico a 11 de Julho, data em que suas relíquias foram trasladadas para a Abadia de Saint-Benoît-sur-Loire.
 
 
ORAÇÃO DE SÃO BENTO
A cruz sagrada seja a minha luz
Não seja o dragão o meu guia
Retira-te satanás, nunca me aconselhes coisas vãs
É mal o que tu ofereces
Bebe tu mesmo os teus venenos.
 ***
Versão original da oração em Latim
Crux Sacra sit mihi lux, Nom draco sit mihi dux
Vade retro satana, nunguam suade mihi vana
Sunt mala quae libas, Ipse veneva bibas
 
 
Abade vem de "Abbá", que significa pai, e isto o santo de hoje bem soube ser do monarquismo ocidental.
São Bento nasceu em Núrcia, próximo de Roma, em 480, numa nobre família que o enviou para estudar na Cidade Eterna, no período de decadência do Império.
 
Diante da decadência – também moral e espiritual – o jovem Bento abandonou todos os projetos humanos para se retirar nas montanhas da Úmbria, onde se dedicou à vida de oração, meditação e aos diversos exercícios para a santidade.
 
 
Depois de três anos numa retirada gruta, passou a atrair outros que se tornaram discípulos de Cristo pelos passos traçados por ele, que buscou nas Regras de São Pacômio e de São Basílio uma maneira ocidental e romana de vida monástica. Foi assim que nasceu o famoso mosteiro de Monte Cassino.
 
A Regra Beneditina, devido a sua eficácia de inspiração que formava cristãos santos por meio do seguimento dos ensinamentos de Jesus e da prática dos Mandamentos e conselhos evangélicos, logo encantou e dominou a Europa, principalmente com a máxima "Ora et labora". Para São Bento a vida comunitária facilitaria a vivência da Regra, pois dela depende o total equilíbrio psicológico; desta maneira os inúmeros mosteiros, que enriqueceram o Cristianismo no Ocidente, tornaram-se faróis de evangelização, ciência, escolas de agricultura, entre outras, isso até mesmo depois de São Bento ter entrado no céu com 67 anos.
 
A vida de São Bento foi profundamente marcada pela radicalidade num rompimento definitivo com os prazeres do mundo, profundíssima espiritualidade, prodígios extraordinários e destemida batalha espiritual. Com o demônio, Bento teve que lutar muitas vezes o descreve como "figura de fogo, horrendíssima, a chispar lume pelos olhos contra ele".
 
Em seus ensinamentos sobre esta batalha contra o demônio, Bento enfatiza que o mais importante e urgente é que o homem reaja contra as tentações.
 
Para se ter ideia da grandiosidade da obra Beneditina basta saber que este berço gerou para a Igreja vinte e três papas, cinco mil bispos e cerca de três mil santos canonizados.
São Bento, rogai por nós!
 
 
 
 
 
 
A CRUZ-MEDALHA DE SÃO BENTO
 
 
A origem da Cruz-Medalha de São Bento é incerta, sabe-se que ela foi redescoberta em 1647, em Nattremberg, na Baviera, por ocasião da condenação de algumas bruxas, que afirmaram não conseguir praticar qualquer tipo de feitiçaria ou encanto contra lugares em que houvesse a imagem da Cruz, em especial, a abadia de São Miguel em Metten.
 
Intrigados com o fato, as autoridades foram averiguar o que existia no mosteiro. Ao entrarem em uma das dependências, observaram entalhadas nas paredes imagens da cruz tal como estão representadas nas Medalhas utilizadas hoje. Na biblioteca dessa mesma abadia, encontraram um manuscrito do ano de 1415, o qual continha, além de textos, ilustrações, sendo uma delas a de São Bento, com uma cruz e uma flâmula, com os versos da medalha: Crux sacra sit mihi lux, non draco sit mihi dux. Vade retro satana, nunquam suade mihi vana. Sunt mala quae libas, ipse venena bibas".
 
Por esse motivo, estima-se que a origem da imagem da medalha situa-se no século XV.
 
A medalha, com algumas variações, possui na frente a imagem de São Bento, vestindo o traje monástico - chamado cógula - trazendo na mão direita uma cruz e na mão esquerda uma flâmula ou livro aberto, que representa a Regra. No verso, há uma imagem da cruz. Ambas as faces trazem inscrições em latim, seja apenas letras ou em palavras, a saber:
 
  • Na frente da medalha:
  •  
"Ejus in obitu nostro praesentia muniamur" = Sejamos protegidos pela sua presença na hora de nossa morte.
 
  • No verso:
  •  
C S P B: Crux Sancti Patris Benedicti - Cruz Sagrada do Padre Bento
C S S M L: Crux Sacra Sit Mihi Lux - A Cruz Sagrada seja minha Luz
N D S M D: Non Draco Sit Mihi Dux - Não seja o dragão meu guia
V R S: Vade retro, satana! - Para trás, Satanás!
N S M V: Nunquam Suade Mihi Vana - Nunca seduzas minha alma
S M Q L: Sunt Mala Quae Libas - São coisas más as que brindas
I V B: Ipse Venena Bibas - Bebas do mesmo veneno
 
Arquivo:
Mosteiro de São Bento do Rio de Janeiro

Arquivo: Nave Central do
Mosteiro de São Bento do Rio de Janeiro
 
 
 
 
FONTE:
 
 
 
 
 
 
 
 
COMENTÁRIOS
 
 
Parabéns, Confrade!
PRCecchetti
 
 
 
**********************
 
Super legal e muito esclarecedor! 

Obrigada
 
bjs!

Magda Belloti
 
 
***************************
 
O belo da verdade da vida, se é pontuado com amor!!!
Parabéns, sempre!!!

Angela Gemesio.

 
 
*******************************