24 de fevereiro de 2011

FALANDO DE AMOR ETERNO-IMORTAL




Falando de amor eterno-imortal



hoje quero falar de um amor

eterno-imortal

o amor numa paisagem contagiante

numa entrega estonteante e total



amor...

amor maior que o mar balouçante

que o céu – maior que uma ânfora de mel pulsante

um amor fenomenal



amor...

amor que cala os que pensam pequeno

os que amam o individual – os que nem sabem

do amor o sinal



amor...

falar do sem fronteiras

cheio de desejos – amor eternamente-imortal



amor

exposto pela cidade

montanhas, água da fonte a tornar-se

profundas – (um manancial)

amor incalculável - carnal



amor

a traduzir as válvulas do coração

a arquitetura espiritual, e não superfície banal





amor

exposto aos quatro cantos

do mundo – o amor absolutamente abismal



:



hoje quero falar do amor...

amor para sempre

(eternamente-imortal)

 
©by Albert Araújo

24-02-11

postado também no site oficial do ALBERTO ARAÚJO

Nenhum comentário:

Postar um comentário