9 de março de 2016

SÃO DOMINGOS SÁVIO O SANTO CATÓLICO PROTETOR DOS ACÓLITOS.


Biografia de São Domingos Sávio pelo Vaticano


Este jovem santo ofereceu a sua juventude por amor a Deus e Maria Santíssima
O santo de hoje viveu o lema “Antes morrer do que pecar”.

Nascido em Turim, na Itália, no ano de 1842, Domingos conheceu muito cedo Dom Bosco e participou do Oratório – lugar de formação integral – onde seu coração se apaixonou por Jesus e Nossa Senhora Auxiliadora.

Pequeno na estatura, mas gigante na busca de corresponder ao chamado à santidade, foi um ícone da alegria de ser santo. Um jovem comum, que buscava cumprir os seus deveres e amava a vida de oração.

A primeira biografia da vida de Domingos foi escrita pelo seu mestre, São João Bosco, e destas páginas nasceram muitas vocações, inclusive a do futuro Papa Bento XVI que, com tanta ternura, admirava a Obra da Infância Missionária.

Seu único interesse era Deus e o modo como fazer com que os outros concentrassem as suas energias para servi-lo melhor. Aquilo que lhe faltava a nível de força física, ele recuperava em excelência moral, em fortaleza de coração e em aceitação da vontade de Deus, qualquer que esta fosse.

Domingos faleceu com apenas quinze anos de idade, no dia 9 de março de 1857. Sua Santidade o Papa Pio XII canonizou-o no ano de 1954. Exatamente há 50 anos.

«Como São Domingos Sávio, que todos sejam missionários do bom exemplo, da boa palavra, da boa ação em família, com os vizinhos e com os colegas de trabalho! Com efeito, em todas as idades pode-se e deve-se dar o testemunho de Cristo! O compromisso do testemunho cristão é permanente e quotidiano

(S. S. João Paulo II, Homilia de 7 de dezembro de 1997)



Com a saúde fragilizada, faleceu com apenas 15 anos.

São Domingos Sávio, rogai por nós.







http:

Nenhum comentário:

Postar um comentário