18 de julho de 2008

LÂMPADA NOTURNA










LÂMPADA NOTURNA


Sabe-se que o Sol é o grande iluminador
Do mundo...
Mas de certo a lâmpada noturna gera
O centro gravitacional poético
A lua, ah... A lua é sem dúvida uma musa
Dos poetas.

Tudo pode ser flexível
Tudo pode se correlacionar no mundo
Por assim dizer;
O céu a terra nos alimentam
De imagens belas
E no coração dos que amam acende
O sol – lâmpada – lâmpada – lua
E por fim
Quando amamos o nosso semelhante
Tudo se torna iluminado.
ALBERT ARAÚJO
18-07-08

Nenhum comentário:

Postar um comentário