14 de junho de 2008




FLOR VERMELHA




No mundo...
Tira-me a comida, a água...
Se quiseres tira o ar que me nutre
Mas não me tiras,
A delicadeza e a maciez
Dessa flor vermelha...
Minha boca precisa de beijos
Meus olhos dessa fonte...
Minha vida toda eu andei procurando-a
Entre jardins e constelações
Subi escadas,
Cruzei montanhas...
Até que o mar me trouxe cansado
E tu chegaste a mim
Com essas asas de flor madura
Reconheci no exato momento
Essa tua pele de camélia,
E agora que te encontrei
Não te largarei jamais
Quero sentar a beira do cais
Contigo olhar a imensidão dos oceanos
Sairmos distribuindo
Palavras verdadeiras pelo mundo afora
E com as minhas mãos sonoras
Desenhar o amor
Até que tua beleza
Enchas a primavera...



ALBERT ARAÚJO
11-06-08

SITE: http://www.albertaraujo.recantosdasletras.com.br/


Nenhum comentário:

Postar um comentário