12 de janeiro de 2008

PARA QUE EU POSSA MORRER FELIZ UMA POESIA DE ALBERTO ARAÚJO.








PARA QUE EU POSSA MORRER FELIZ



O voo do pássaro cantante

A pérola de um beijo hermético

O habitat das esmeraldas



Tenho comigo guardado

Para dar-te em delícias e doçuras

Minha janela está aberta

Aguardando o teu bom dia



Minha porta tem

O sorriso eterno e inefável

A água que bebes

Reabilita minha morada



E no eflúvio das ondas dos mares

Entre o céu e terra

Se expressa um espetáculo

Do teu mundo concreto



Só assim

Quase no fim da primavera

Trazes tua pele aveludada

Para que eu possa beijar e morrer feliz...



albertaraujo.recantodasletras.com.br/






Nenhum comentário:

Postar um comentário