12 de janeiro de 2008








O APELO...


Não sejas mau
Não me fale de sofrimentos
Se todo o meu ser está eternizado
No porta-retrato da tua sala

Não sejas mau
Não me fale de angústias
Se todo o meu ser está azulejado
No solo da tua cozinha

Não sejas mau
Não me fale de tristezas
Se todo o meu ser está emoldurado
No espelho do teu quarto

Não sejas mau
Não me fale de feridas
Se todo o meu ser está cicatrizado
Nas pirâmides do teu ser....
Então não sejas mau...

Nenhum comentário:

Postar um comentário