23 de junho de 2017

AS 12 PROMESSAS DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS


AS 12 PROMESSAS
DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS
 
 
 

O Sagrado Coração de Jesus é uma devoção praticada pela Igreja Católica que consiste na veneração do Coração de Jesus na primeira sexta-feira de cada mês, durante nove meses.
 
A origem desta devoção deve-se a Santa Margarida Maria Alacoque, religiosa de uma congregação conhecida como Ordem da Visitação.
 
A Santa Margarida Maria teve extraordinárias revelações por parte de Jesus Cristo, que a incumbiu pessoalmente de divulgar e propagar no mundo esta piedosa devoção.
 
Jesus deixou doze grandes promessas às pessoas que, aproveitando-se da Sua divina misericórdia, participassem das comunhões reparadoras das primeiras sextas-feiras.
 
Não se sabe quem compôs a lista com as 12 promessas do Sagrado Coração de Jesus, tiradas das revelações de Nosso Senhor à santa. Sabe-se só que é fidedigna–as promessas estão de fato contidas nas revelações – e que o trabalho anônimo foi de grande mérito e utilidade.
 
M. Kemper, um modesto comerciante de Dayton, cidadezinha norte-americana, iniciou, em 1882, um trabalho de ampla divulgação delas. A partir deste primeiro impulso, tiveram propagação mundial.
Normalmente conhecidas como as 12 Promessas do Coração de Jesus, a mais importante é a 12ª, chamada a Grande Promessa.
 
São elas:
 
1ª – "Darei aos devotos do meu coração as graças necessárias ao seu estado";
2ª – "Farei reinar a paz nas famílias";
3ª – "Eu os consolarei em todas as tuas penas";
4ª – "Serei o refúgio seguro durante a vida, sobretudo na hora da morte";
5ª – "Derramarei copiosas bênçãos”;
6ª – "Os pecadores acharão em meu coração a fonte e o oceano infinito da misericórdia";
7ª – "As almas tíbias tornar-se-ão fervorosas";
8ª – "E as almas elevar-se-ão rapidamente a uma grande perfeição";
9ª – "Abençoarei as casas em que se acharem expostas e forem veneradas a imagem do meu coração";
10ª – "Darei aos sacerdotes o dom de tocar os corações mais endurecidos";
11ª – "As pessoas que propagarem essa devoção terão seus nomes escritos indelevelmente em seu coração";
12ª – "O amor todo poderoso do meu coração concederá a graça da perseverança final a todos que comungarem na primeira sexta-feira do mês por nove meses seguidos".
 


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário