16 de março de 2011

O BEIJO DO BEIJA-FLOR






O beijo do beija-flor





Um árido inverno

aproxima-se

e junto os vendavais



e que parece

as ventanias invernais

são cortantes



sim

exausto estou

e preciso de abrigo

para suportar a chuva fria



se não irei

padecer

estremecer

esmaecer



jogo palavras ao vento

e ao emergir das estrelas

um lindo beija-flor me beija... beijos

sonoros

:

digo;

rico é um coração

que ama

e acima de tudo

suspira os poros



©by Albert Araújo

16-03-11

postado também no site oficial:

Nenhum comentário:

Postar um comentário