4 de setembro de 2017

A BÍBLIA SAGRADA A PALAVRA QUE PRODUZ VIDA. HOMENAGEM DO ALBERTO ARAÚJO & AMIGOS.

 
"ANUNCIAR O EVANGELHO
E DOAR A PRÓPRIA VIDA"
(CF.1Ts 2,8)
 
 
Para que n'Ele nossos povos tenham vida
Primeira Carta aos Tessalonicenses
 
Mês da Bíblia - 2107
 

 
 
 
 
 
A Bíblia Sagrada é uma coletânea de escritos religiosos de altíssimo valor santificado para o cristianismo, em que se narram anotações religiosas do motivo da vida do homem na Terra. É considerada pelos cristãos como divinamente, inspirada, pois se trata de importante documento doutrinário.

 


 


É o livro mais vendido de todos os tempos com mais de seis bilhões de cópias em todo o mundo, uma quantidade sete vezes maior que o número de cópias do 2º colocado da lista dos livros mais vendidos, O Livro Vermelho. Há cerca de 50 anos, a Bíblia se tornou o livro mais vendido no mundo e, desde então, permanece no primeiro lugar do ranking, em vendagem de livros no mundo.


Segundo a tradição é aceita na pluralidade pelos cristãos, a Bíblia foi escrita por 40 autores, entre 1 500 a.C. e 450 a.C. (livros do Antigo Testamento) e entre 45 d.C. e 90 d.C. (livros do Novo Testamento), totalizando um período de quase 1600 anos. A maioria dos historiógrafos considera que a data dos primeiros escritos acreditados como sagrados é bem mais recente: por exemplo, enquanto a tradição cristã coloca Moisés como o autor dos primeiros cinco livros da Bíblia (Pentateuco), muitos estudiosos aceitam que foram compilados pela primeira vez apenas após o exílio babilônico, a partir de outros textos datados entre o décimo e o quarto século antes de Cristo. Muitos estudiosos também afirmam que ela foi escrita por dezenas de pessoas oriundas de diferentes regiões e nações.


 

 

Segundo uma interpretação literal do Gênesis (primeiro livro da Bíblia), o homem foi criado por Deus a partir do pó, após os céus e a terra, entre seis e oito mil anos atrás, e ganhou a vida após Deus soprar o fôlego da vida em suas narinas.

 

O apóstolo Paulo afirma que "toda a Escritura é inspirada por Deus", literalmente, "soprada por Deus" (2 Timóteo 3:16).

 

O apóstolo Pedro diz que "nenhuma profecia foi proferida pela vontade dos homens. Inspirados pelo Espírito Santo é que homens falaram em nome de Deus." (2 Pedro 1:21). O apóstolo Pedro atribui aos escritos de Paulo a mesma autoridade do Antigo Testamento: "E tende por salvação a magnanimidade de nosso Senhor; como também o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada; falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indultos e inconstantes torcem, e igualmente as outras Escrituras, para sua própria perdição" (2 Pedro 3:15-16).



 
 
 
 O Mês da Bíblia iniciou-se no Brasil em 1971 como um espaço privilegiado para aprofundar um livro ou tema bíblico. Em 2016 refletimos sobre o livro de Miqueias e em 2017 temos a oportunidade de estudar e rezar a Primeira Carta do Apóstolo Paulo aos Tessalonicenses.
 
 
 
CLICAR NA SETA PARA OUVIR
A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS...

 
 
 
 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário