28 de janeiro de 2017

28 DE JANEIRO É DIA DE CELEBRAÇÃO AO SANTO CATÓLICO SÃO TOMÁS DE AQUINO, PADROEIRO DOS ACADÊMICOS E PROFESSORES. CONFIRA.

  
Tomás de Aquino - professor e teólogo.

 
 
Neste dia celebramos uma das maiores personalidades da teologia católica: Santo Tomás de Aquino. Conta-se que, quando criança, com cinco anos, Tomás, ao ouvir os monges cantando louvores a Deus, cheio de admiração perguntou: “Quem é Deus?”.
 

Tomás de Aquino, em italiano Tommaso d'Aquino nasceu em Roccasecca, em Lácio, Reino da Sicília - Itália, no ano de 1225,  foi um frade da "Ordem dos Pregadores Dominicano" italiano cujas obras tiveram enorme influência na teologia e na filosofia, principalmente na tradição conhecida como Escolástica, e que, por isso, é conhecido como "Doctor Angelicus", "Doctor Communis" e "Doctor Universalis".

"AQUINO" é uma referência ao condado de Aquino, uma região que foi propriedade de sua família até 1137.
 
 
Basílica de Santa Sabina, em Roma,
onde Tomás de Aquino ensinou
por muitos anos antes de voltar a Paris.
 
 
A vida de santidade de Santo Tomás foi caracterizada pelo esforço em responder, inspiradamente para si, para os gentios e a todos sobre os Mistérios de Deus.
 
Livre e obediente à voz do Senhor, prosseguiu nos estudos sendo discípulo do mestre Alberto Magno.
 
Nasceu de uma nobre família, a qual lhe proporcionou ótima formação, porém, visando a honra e a riqueza do inteligente jovem, e não a Ordem Dominicana, que pobre e mendicante atraia o coração de Aquino.
 
 
  Lácio, a cidade-natal de Tomás de Aquino.
 
 
Diante da oposição familiar, principalmente da mãe condessa, Tomás chegou a viajar às escondidas para Roma com dezenove anos, para um mosteiro dominicano.
 
No entanto, ao ser enviado a Paris, foi preso pelos irmãos servidores do Império. Levado ao lar paterno, ficou, ordenado pela mãe, um tempo detido. Tudo isto com a finalidade de fazê-lo desistir da vocação, mas nada adiantou.
 
A vida de Santo Tomás de Aquino foi tomada por uma forte espiritualidade eucarística, na arte de pesquisar, elaborar, aprender e ensinar pela Filosofia e Teologia os Mistérios do Amor de Deus.
 
 
Triunfo de Santo Tomás de Aquino
sobre os heréticos.
Entre 1489 e 1491.
Por Filippino Lippi, na Igreja de Santa Maria
sopra Minerva, em Roma.
 
 
Ele foi o mais importante proponente clássico da teologia natural e o pai do tomismo. Sua influência no pensamento ocidental é considerável e muito da filosofia moderna foi concebida como desenvolvimento ou oposição de suas ideias, particularmente na ética, lei natural, metafísica e teoria política.
 
Ao contrário de muitas correntes da Igreja na época, Tomás abraçou diversas ideias de Aristóteles - a quem ele se referia como "o Filósofo" - e tentou sintetizar a filosofia aristotélica com os princípios do cristianismo.
 
As obras mais conhecidas de Tomás são a "Suma Teológica" (em latim: Summa Theologiae) e a "Suma contra os Gentios" (Summa contra Gentiles).
 
Seus comentários sobre as Escrituras e sobre Aristóteles também são parte importante de seu corpus literário.
 
Além disso, Tomás se distingue por seus hinos eucarísticos, que ainda hoje fazem parte da liturgia da Igreja.
 
 
Tomás de Aquino - professor e teólogo.
 
 
Tomás é venerado como santo pela Igreja Católica e é tido como o professor modelo para os que estudam para o sacerdócio por ter atingido a expressão máxima tanto da razão natural quanto da teologia especulativa.
 
O estudo de suas obras há muito tempo tem sido o cerne do programa de estudos obrigatórios para os que buscam as ordens sagradas (como padres e diáconos) e também para os que se dedicam à formação religiosa em disciplinas como filosofia católica, teologia, história, liturgia e direito canônico.
 
Tomás foi também proclamado Doutor da Igreja por Pio V em 1568. Sobre ele, declarou Bento XV:
 

"Esta ordem [dominicana]... ganhou novo lustre quando a Igreja declarou os ensinamentos de Tomás como seus próprios e este Doutor, honrado por elogios especiais dos pontífices, o mestre e patrono das escolas católicas."
 
 
Pregador oficial, professor e consultor da Ordem, Santo Tomás Doutor Angélicofaleceu em Fossanova, em Lácio, na Sicília, Itália, no dia 7 de março de 1274.
 
Abadia de Monte Cassino. Tomás estudou ali até ser obrigado a se mudar por causa de guerras políticas. Após recusar o convite para ser abade do mosteiro anos depois, Tomás esteve lá novamente pouco antes de morrer quando se hospedou no mosteiro para se recuperar de uma doença.



SAIBA MAIS:
 
Nascimento - Nasceu no ano de 1225, em Roccasecca, Lácio, Reino da Sicília.
Morte - dia 07 de março de 1274, aos 49 anos, em Abadia de Fossanova, Lácio, Reino da Sicília.
Veneração por Igreja Católica, Comunhão Anglicana, Igreja Luterana.
Canonização: dia 18 de julho de 1323, Avinhão, Estados Papais por Papa João XXII.
Principal templo: Igreja dos Jacobinos, Toulouse, França.
Festa litúrgica: É festejado no dia 28 de janeiro.
Atribuições: A Suma Teológica; modelo de uma igreja; sol no peito de um frade dominicano.
Padroeiro dos Acadêmicos; contra tempestades; contra raios; apologistas; livreiros; academias, escolas e universidades católicas; castidade; ensino; filósofos; editores; acadêmicos; estudantes; teólogos; diversas cidades.

 
 
Santo Tomás de Aquino, rogai por nós!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
FONTE:
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Um comentário:

  1. O legado doutrinário de São Tomás de Aquino subverteu as prioridades do pensamento medieval, dando ênfase ao mundo real e ao aprendizado pelo raciocínio. Suas palavras prenunciam a pedagogia contemporânea quando ressalta que “o mestre provoca conhecimento ao fazer operar a razão natural do discípulo”.
    Depois de oito séculos marcados por uma filosofia voltada para a resignação, a intuição e a revelação divina, a Idade Média cristã submeteu-se à inversão quase total desses princípios. O personagem-chave desta reviravolta foi Tomás de Aquino, o grande nome da filosofia escolástica, cujo pensamento valorizava a razão, a vontade e a atividade do homem.
    Em nossos dias, o insigne professor brasileiro, Paulo Freire, construiu sua metodologia de ensino com a mesma fundamentação filosófica!
    São Tomás realizou um trabalho monumental numa vida relativamente curta. Em sua obra mais importante, a Suma Teológica, executou a releitura da teologia cristã, sob a nova ótica, seguindo o princípio aristotélico de que cabe à razão ordenar e classificar o mundo para entendê-lo.
    Pode-se dizer que o sábio cristão sumarizou seu pensamento em uma frase lapidar: “A sabedoria é a maior perfeição da razão e sua principal função é perceber a ordem das coisas”.

    ResponderExcluir