23 de fevereiro de 2010


PELE NUA (3)




Flutuantes
Lábios quentes
Que aladamente
Bailam sobre
A pele nua

Beijos – bocas – línguas

Tudo se insinua
Tudo tem sabor

E vem o ápice...

E uma luz perfeita
Captura a plumagem
Cega da flor.


ALBERT ARAÚJO
22-02-10

Nenhum comentário:

Postar um comentário