3 de agosto de 2013

"ENTRE NÓS" - TROVAS DO POETA PORTUGUÊS JOSÉ PAIS DE MOURA SIMÕES.CONFIRA.


 
 
 
- TROVAS... Entre nós –

I

As trovas são complementos,

embrenhadas na poesia...

Dos trovadores, suas mentes,

buriladas com magia.

II

As trovas quando bem feitas,

são pérolas de um trovador,

escritas em linha retas,

ditadas pelo Senhor.

III

As águas têm correntes,

do caudal, regam o solo.

As trovas regam as mentes,

deste meu dom, me consolo!

III

Oh, peão da minha infância,

já não, na palma da mão...

descansas, da circunstância,

no sótão, num gavetão.

IV

Cartas a mim dirigidas,

as rasguei de qualquer jeito.

Tantas e tantas antigas,

a mais velhinha... no peito!

V

Nossas cartas, pura paixão,

amor fiel, verdadeiro.

Das tantas, de mão em mão,

casou-se com o carteiro...

VI

A tua saia, é bonita,

quando desfilas na rua,

e tu, ficas mais catita,

sem a dita, e quando nua!

VII

A Mimi nunca fumou,

- sexualmente, rompantes-

já, no quarto, sempre expôs:

cinzeiros para os amantes.
 

 

 
José Pais de Moura Simões
Português da Vila Soure, é trovador e poeta, participante assíduo dos eventos "Escritores Ao Ar Livro" - coordenador Paulo Roberto Cecchetti, na Praça Getúlio Vargas em Icaraí - Niterói - RJ.


 
 
 
 
******
 
Imagens de Lisboa-PT


 

Imagens de Soure-Coimbra-Portugal





 

 
 
 

 
Soure é uma vila portuguesa no Distrito de Coimbra, região Centro e sub-região do Baixo Mondego, com cerca de 7 900 habitantes. É sede de um município com 263,91 km² de área e 19 245 habitantes (20111 ), subdividido em 10 freguesias. O município é limitado a norte pelo município de Montemor-o-Velho, a nordeste por Condeixa-a-Nova, a leste por Penela, a sudeste por Ansião, a sul por Pombal e a oeste pela Figueira da Foz.
 
Trata-se de um dos poucos municípios de Portugal territorialmente descontínuos. O caso de Soure é único no contexto português, pois a descontinuidade do conselho é dupla e deve-se à própria descontinuidade territorial de duas das suas freguesias: Degracias e Pombalino (que possui um pequeno enclave encaixado entre os concelhos de Penela, no distrito de Coimbra, e Ansião, no distrito de Leiria) e Figueiró do Campo (que possui um ainda mais pequeno enclave, encaixado entre duas freguesias do concelho de Montemor-o-Velho, efetivamente criando um pequeno enclave neste município do distrito de Coimbra).
 
 
 
 
 
Comentário
 
                 Cada um tem seu fadário...
                   uns, com pouco, outros, fartura.
                     O Alberto, não milionário,
                        Mas tem grandeza em... Cultura!

José,
 



3 comentários:

  1. Maravilhas o poeta trás aos nossos olhos. Lindo poetar! Aplausos para o nosso poeta português José Pais.
    Shirley Araújo .

    ResponderExcluir
  2. Vemos aqui a magia expressa em lindas trovas. PARABÉNS para o nosso amigo poeta.
    Tuela Lima Pt. Site www.recantodasletras.com

    ResponderExcluir
  3. Zé Pais é meu primo e meu padrinho de batismo. Trovador de mão cheia, fico feliz de ver o seu sucesso agora também na Internet. Engenho e arte ele tem de sobra. E inspiração também!

    Antonio José Pais de Moura.

    ResponderExcluir