15 de agosto de 2011

AMORES ABSOLUTOS










Amores absolutos



No interior das veias que pulsam;

o amor adentra-se e se concretiza



Na fragrância das flores;

tudo que palpita

é chama é desejo é plenitude



No encanto dos pássaros;

os cantos são atos cósmicos

que se fecundam audazmente

nas asas da paixão



no céu;

anjos, faces rítmicas

afeiçoam-se nos oceanos

dos amores estruturados



- e no mais;

o amor contempla-se

na nudez dos corações apaixonados



ALBERTO ARAÚJO
15-08-11


post também no site/oficial


Nenhum comentário:

Postar um comentário