15 de julho de 2011

220 GRAUS A MAIS




220 graus a mais




Aumentar o grau:
de tudo que há no peito

arco aberto
bem no ponto de partida
lá onde o sangue pulsa

:

no percurso de todas as coisas:
o amor poder se desaguar

presságio:
escolher o coração
em lavras e palavras



 poeta Alberto Araújo
15-07-11

Nenhum comentário:

Postar um comentário