13 de junho de 2015

PRESENTE PARA MINHA IRMÃ. UM FILME DE ALBERTO ARAÚJO. ASSISTA-O AGORA.


(Clicar na imagem para assistir ao filme)



Ou clicar no link do Canal You Tube 
FOCUS PORTAL CULTURAL







PRESENTE PARA MINHA IRMÃ




O homem por detrás do balcão olhava a rua de forma distraída. Uma garotinha se aproximou da loja e amassou o narizinho contra o vidro da vitrine.

Os olhos da cor do céu brilhavam quando viu um determinado objeto.
Entrou na loja e pediu para ver o colar de turquesa azul.

- É para minha irmã. Pode fazer um pacote bem bonito?, diz ela.
O dono da loja olhou desconfiado para a garotinha e lhe perguntou:

- Quanto de dinheiro você tem?
Sem hesitar, ela tirou do bolso da saia um lenço todo amarradinho e foi desfazendo os nós. Colocou-o sobre o balcão e feliz, disse:

- Isso dá? Eram apenas algumas moedas que ela exibia orgulhosa.
-  Sabe, quero dar este presente para minha irmã mais velha.

Desde que morreu nossa mãe ela cuida da gente e não tem tempo para ela. É aniversário dela e tenho certeza que ficará feliz com o colar que é da cor de seus olhos.

O homem foi para o interior da loja, colocou o colar em um estojo, embrulhou com um vistoso papel vermelho e fez um laço caprichado com uma fita verde.
- Tome. - disse para a garota. - Leve com cuidado.

Ela saiu feliz saltitando pela rua abaixo. Ainda não acabara o dia quando uma linda jovem de cabelos loiros e maravilhosos olhos azuis adentrou a loja. Colocou sobre o balcão o já conhecido embrulho desfeito e indagou:

- Este colar foi comprado aqui?
- Sim senhora.
- E quanto custou?
- Ah, falou o dono da loja.

O preço de qualquer produto da minha loja
é sempre um assunto confidencial
entre o vendedor e o cliente.


A moça continuou:
 "Mas minha irmã tinha somente algumas moedas.  
O colar é verdadeiro, não é?
Ela não teria dinheiro para pagá-lo".

O homem tomou o estojo,
 refez o embrulho com extremo carinho,
colocou a fita e o devolveu à jovem.
- Ela pagou o preço mais alto que qualquer pessoa pode pagar.





ELA DEU TUDO O QUE TINHA.





O silêncio encheu a pequena loja e duas lágrimas rolaram pela face emocionada da jovem enquanto suas mãos tomavam o pequeno embrulho.

Moral da história:

"Verdadeira doação é dar-se por inteiro, sem restrições. Gratidão de quem ama não coloca limites para os gestos de ternura. Seja sempre grato, mas não espere pelo reconhecimento de ninguém. Gratidão com amor não apenas aquece quem recebe, como reconforta quem oferece."





Extraído do livro Sabedoria em Parábolas, Organização do professor Felipe Aquino. Editora Cléofas - São Paulo, página 189.



LINK DO CANAL YOU TUBE DO FOCUS PORTAL CULTURAL





Um comentário:

  1. Dalma Nascimento - Escritora e Doutora em Literatura Comparadasábado, 13 de junho de 2015 22:48:00 BRT

    Alberto, emocionou-me este texto. Você continua a oferecer-nos formativas mensagens com o toque eterno das marcas do coração.

    Aproveito o ensejo para cumprimentá-lo antecipadamente pela próxima celebração de sua entrada na Academia Niteroiense de Letras. Mais uma vitória para seu curriculum cultural já extenso. Outros momentos, sem dúvida, virão porque você vislumbra o mais além nas realizações terrenas, amparado também pelas forças mais altas do Divino que o encaminham para seguras paragens.

    Abraços amigos. Até a próxima quarta-feita dia 17 na sede do Istituto Italiano di Cultura.

    Dalma.



    Dalma Nascimento,
    escritora e doutora em Literatura Comparada da UFRJ.

    ResponderExcluir