7 de julho de 2015

CASAMENTO CAIPIRA - FALA DO VIGÁRIO ALBERTO ARAÚJO.






CASAMENTO CAIPIRA

FALA DO VIGÁRIO:

Meus senhores e minhas senhoras,
que presentes aqui estão, vai casar,
Chica Dengosa com Pedrinho Foguetão.

Se o pessoal, hoje presente,
souber que não posso, não,
É favor dizer p’ra gente
Pois, assim, não caso, não!

Você, Chiquinha Dengosa,
recebe, de coração
p’ra marido, toda a vida
O Pedrinho Foguetão?

Muito bem! E você, Pedro,
Que me olha, assim, todo prosa,
Quer, mesmo, p’ra sua esposa
Sinhá Chiquinha Dengosa?

O Vigário efetua o casamento, colocando as mãos dos noivos entre a sua e a estola benzendo-os. A seguir, os noivos colocam as alianças).
VIGÁRIO
-Então, em nome do cravo e no do manjericão,
caso Chiquinha Dengosa com Paulinho Foguetão.
Todos
Viva a noiva!
Viva o noivo!






Quadrinhas escritas pelas professoras
Maria Quintanilha Martinez
e Celeste Araújo Carvalho.


CASAMENTO CAIPIRA
Escritores Ao Ar Livro.
Em 05 de julho de 2015.

Padre celebrante

-Alberto Araújo.

Um comentário:

  1. Desejo registrar os meus parabéns ao poeta e promotor cultural Alberto Araújo por mais uma demonstração de carinho, respeito e dedicação aos escritores e afins envolvidos na arte de nossa terra.
    O "Arraiá Du Pimentel", ocasião em que "in memoriam" foi homenageado o cultuado amigo e escritor Luís Antônio Pimentel, marcou com alegria e confraternização um grupo homogêneo de adeptos do "Livro" e da inestimável vontade de viver.
    "Escritores ao Ar Livro" é uma Academia de Letras ao Vento, cuja fundamental proposição é a de levar a cultura aos quatro cantos da cidade de Arariboia, sempre ao toque e ao sabor da brisa que eleva, nos enleva e reúne em um único círculo o espírito benfeitor da cultura niteroiense.
    Deixo o meu abraço a todos os organizadores dessa grande festa, enfatizando os nomes do já citado Alberto Araújo e de Paulo Roberto Cecchetti, também poeta e promotor cultural, ambos membros da Academia Niteroiense de Letras.

    Hilário Francisconi.

    ResponderExcluir