26 de novembro de 2013

RIO DE JANEIRO - POESIA DO POETA E ACADÊMICO GENTIL MOREIRA SOUSA. CONFIRA.

 

 

 
 
RIO DE JANEIRO
 
Ligo a televisão
Ouço a minha língua falada
Sem sotaque sem enfeite
Que me fala ao coração.

É o fado da Severa
Que ouvia quando criança
Na TV a preto e branco
Que hoje meu coração espera.

Ainda hoje me emociono
Ao ver o programa "MEMORIA"
Onde revejo ARTUR AGOSTINHO
E de que meu coração é dono.

Saí pelo tempo!
Choro se ouço AMALIA,
Rio se vejo SANTANA
Assim minh’ alma alimento!!!
 
 
 
Gentil Moreira Souza   
Niterói - 25-11-13


Nenhum comentário:

Postar um comentário