24 de março de 2012

HOMENAGEM DO ESCRITOR GILSON ROLIM AO GRANDE CHICO ANYSIO







HOMENAGEM AO GRANDE
CHICO ANYSIO



Foi um gênio verdadeiro
esse artista por inteiro,
esse humorista sem par.
Hoje, à glória ele pertence,
o menino cearense
que só nos fez encantar.
Seus tipos foram centenas,
inesquecíveis as cenas;
é difícil destacar.
Francisco Anysio de Paula,
da famosa sala de aula
que nos dá gosto lembrar.
Das artes foi professor;
nas letras, tintas e humor.
Uma figura exemplar.
Agora chegando ao Céu
mostra pra Deus o troféu
de artista mais popular.



Gilson Rangel Rolim
23/03/2012




                                                                          CHICO ANYSIO


 
Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho, conhecido como Chico Anysio (Maranguape, 12 de abril de 1931 — Rio de Janeiro, 23 de março de 2012, foi um humorista, ator, dublador, escritor, compositor e pintor brasileiro, notório por seus inúmeros quadros e programas humorísticos na Rede Globo, com a qual tinha contrato até 2012.
Ao dirigir e trabalhar ao lado de grandes nomes do humor brasileiro no rádio e na televisão, como Paulo Gracindo, Grande Otelo, Costinha, Walter D'Ávila, Jô Soares, Renato Corte Real, Agildo Ribeiro, Ivon Curi, José Vasconcellos e muitos outros, tornou-se um dos mais famosos, criativos e respeitados humoristas da história do país.
Morreu no dia 23 de março de 2012, às 14h48, no Hospital Samaritano no Rio de Janeiro por conta de uma falência múltipla de órgãos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário