30 de novembro de 2009

MINHA TERRA





MINHA TERRA
(meu unhal acolhedor)
a Luzilândia

“Terra da Luz
Terra... Terra do meu ancestral,
Mundo, mundo... Dentro do meu quintal!”

Terra de Santa Luzia
O teu pavilhão anda
Na mais completa alegria
Onde nasceu a flor
Que de tão imensaAbraçou o céu
Trigo fecundoPara quem tiro o meu chapéu
Estrela cintilanteBanhada do mais puro mel
Sou um plácido pássaro
nascido do teu coração
águas fartas, belezas escarlates
brotam do mais acessível chão
amor real que há séculos
foi emerso da mais bela chama
onde quer que o arado traceuma fonte,
uma voz viva proclama.
Terra de Santa Luzia...aqui,
aquela pedra também te ama!
ALBERT ARAÚJO
POETA LUZILANDENSE
30-11-09

Nenhum comentário:

Postar um comentário